Menu Principal

Especiais versus mortais. Todos serão iguais

0
Até que enfim os "especiais" se tornarão pobres mortais.
Pelo menos no que diz respeito às responsabilidades nas infrações de trânsito. 
Parece que finalmente o Brasil está resgatando a sua auto estima e deixando de ser e agir como uma eterna colônia. A mais recente evidência disto - sem falar da postura que vem adotando na política internacional, especialmente em relação ao Haiti, é a decisão de tratar os estrangeiros diplomáticos da mesma forma que trata os nativos. 

Só em Brasília são mais de 2.000 veículos circulando nas ruas e que pertencem às diversas Embaixadas e organismos internacionais, e que via de regra, grande parte, comete as mais diversas atrocidades no trânsito (avançam sinal, passam por cima das calçadas, não respeitam a faixa de pedestres, etc.). 
Ou seja, até agora eram tratados como uma categoria especial de gente, que no país dos outros faziam o que queria e ficavam acima do bem e do mal. 

Nós, pobres mortais, moradores da capital federal sempre ficamos indignados com tal situação. Até porque, se tem uma coisa que aprendemos a respeitar por aqui, são as faixas de pedestres. Muito embora os políticos locais não nos respeitem muito... 

Agora isto mudou, ainda bem.  
O DETRAN local já começou a cadastrar toda a frota das Embaixadas. Está mudando a cor das placas de azul (especial) para cinza (dos mortais) e não haverá mais isenção de multa e para que cometer infrações no trânsito.Parece que finalmente estamos nos afastando da síndrome de Sorbone e da cultura da americanização, para nos transformarmos realmente um país de todos e todas, e com tratamento isonômico

Deixe um Comentário

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar