Menu Principal

O Rio sou eu. O rio somos nós...

11
Nestes últimos dias tenho acompanhado em silêncio a tragédia que se abateu no Rio de Janeiro, minha cidade. 
Agradeço a Deus pela minha família estar a salvo. E ao mesmo tempo, peço conforto para os familiares atingidos pelo evento.
De longe, faço o que me é possível: Ofertar ajuda material e rezar pelos que estão em sofrimento.
No meu silêncio, escrevi algumas palavras. Simples palavras...
Mas, que para mim, é uma forma de reverência aos familiares e aqueles que perderam suas vidas.
A minha singela homenagem, mando em forma de poesia e música, como uma oração e redenção dos atos que todos nós praticamos, direta ou indiretamente contra a natureza.
Sejamos simples cidadão, ou governantes.
Que Deus nos proteja de eventos futuros.
São estas as minhas humildes palavras:

Eu sei,
Não deveria ter feito o que fiz
Mas não me deixaram alternativa
Só eu sei...
Perdoem-me pela falta de tempo
Mas meu tempo se esgotou
Preciso ir e retomar o meu curso
Natural...
Como natural deve ser a sua vida...
Eu sou mais largo que uma milha,
Eu atravessi você com estilo, algum dia
fui obrigado...
Fabrique sonhos com  coração, que foram quebrados...
Aonde você está indo?
Não sei, a minha maneira, eu vou...
Somos errantes e queremos ver o mundo
Há tanta coisa do mundo para se ver...
Estamos assim, no fim do arco-íris, no mesmo lugar
Esperando a chuva, lá em cima, na curva...
No mesmo lugar
Meu amigo,
O rio sou eu...
Me desculpe...
Pela destruição...
Não tive alternativa...

11 comentários:

Beth,

Fiquei encantada com o seu poema. Muito lindo, muito singelo.

O vídeo é muito lindo, e essa música é suave como as águas do rio... Nem sempre tão suaves...

Rio da Lua, mais largo do que uma milha
Eu atravessarei você com estilo algum dia
Oh, fabricante de sonhos, seu partidor de corações
Onde quer que você esteja indo, eu seguirei seu caminho
Dois errantes, fora para ver o mundo
Há tanto do mundo para se ver
Nós procuramos o mesmo fim do arco-iris
Esperando em volta da curva
Meu grande velho amigo
Rio da Lua e eu

Bjs.

Rosana.

Beth qualquer palavra dita além das que você já escreveu será pura redundância. Sensacional bravo.
Abraços forte

Oi,
Beth,
sem palavras. Muito tudo!
Bjos no seu coração

Querida amiga Beth
Sinto neste seu belo poema.
Toda sensibilidade expressada:
Fabrique sonhos com coração, que foram quebrados...
E que estes corações que sobreviveram tenham forças e esperanças para reconstruir suas vidas !
Beijos no coração

Oi Beth, realente, situação triste...bela homenagem....
abs

Beth, que lindo este video!

Estamos todos chocados com este acidente ambiental vitimando tantas pessoas, algumas até que um e outro conhecem.

Que Deus abençoe a todos!

Querida Alba,
Esse também é o meu desejo.
Que as pessoas atingidas pelo evento, possam sonhar mais um sonho que não é todo impossível...reconstruir a vida!
Grande beijo.
Valeu!

Querida Sissym,
O vídeo é realmente muito lindo...
O mais interessante dele em minha opinião, é que ao final, debaixo de chuva e encantada pelo amor, a moça volta e pega o bichano...
lindo!
Valeu querida,
Grande beijo!

Oi minha amiga Josy,
Muito tudo é você com este carinho constante!
Obrigada.
Beijo.

Maravilhada com o seu poema e entristecida com a tragédia, quero aqui manifestar o meu protesto:
tragédias e violências acontecem em qualquer lugar do mundo; porém, as pessoas sentem prazer em crucificar o Rio de Janeiro, e isso é coisa que eu não admito e só posso interpretar como inveja, pois poucos são os lugares neste planeta, tão belos quanto a cidade do Rio de Janeiro!
BEIJOSSSSSS

Oi,estamos em campanha de oração pelo Rio de Janeiro,vim te convidar para participar,sua presença é muito importante,passe lá e veja como fazer.Tem selinho pra todos que se unem a nós.bjs
regeracaofuturo.blogspot.com

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar