Menu Principal

Olha a cara dela...

2

Nem passando lustra móveis resolve.
Será um problema de DNA familiar?
Entretanto, fica-nos uma reflexão: Não basta ser do gênero feminino. Tem que ser, parecer e ter prática política diferente nas esferas pública e privada.
Em minha opinião, esse deve ser o diferencial.
O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, solicitou e o Supremo Tribunal Federal autorizou a abertura de investigação sobre a deputada federal Jaqueline Roriz (PMN-DF).
Filmada ao receber dinheiro do mensalão do DEM, em 2006, quando disputava uma vaga para a Câmara Legislativa do Distrito Federal, Jaqueline entrou de licença médica por uma semana. O mais “estranho”, é que o atestado médico foi dado por um profissional do Rio de Janeiro.
Pega com as mãos na botija, Jaqueline divulgou nota em que alega ter recebido “algumas vezes” de Durval Barbosa, então alto funcionário do governo distrital e depois delator do mensalão do DEM, recursos financeiros para a campanha distrital, que não foram devidamente contabilizados na prestação de contas da campanha. Seguindo a cartilha do papai Roriz, Jaqueline tenta se safar. Parece que a receita não vai funcionar.
Ontem a bancada do Distrito Federal na Câmara fez pressão pela abertura de processo contra a deputada Jaqueline por quebra de decoro parlamentar. O resultado é que o Conselho de Ética da Câmara deverá ser instalado hoje (16/03).
Para o bem da Nação, no fim do dia de ontem (15/03), a  Roriszinha foi alvo de outra denúncia: 
Em menos de três meses de mandato, usou dinheiro da verba indenizatória paga pela Câmara Federal para custear despesas com aluguel de um escritório que pertence a Manoel Neto, seu marido.
Mais um capítulo dessa novela está para começar.
Espero que o final seja feliz para o povo de Brasília e do Brasil.

2 comentários:

Olá Beth, descobri seu blog e me identifiquei imediatamente, por isso estarei lhe acompanhando e ficarei honrada se for conhecer o blog palavrasdeumnovomundo.blogspot.com e tornar-se uma parceira.
Parabéns e prossiga nessa travessia pq não devemos desistir jamais.
Abraço fraterno. Rosa

Sabe garota, é facil te admirar!!!
Não tem medo de por a boca no trombone mesmo estando aí, em Brasilia, sendo servidora pública, ainda que concursada. Se bem que isso não é nada se lembrarmos sua participação na época da ditadura.
A Roriz está tendo o que merece é uma pena que ela va conseguir burlar, pelo menos é o provável, a justiça e escapar daqui a alguns anos sem a devida pena que deveria ser aplicada a estes que dizem estar lá por nós mas olham apenas o seu próprio umbigo lesando a nação em milhares de reais a cada ano. Espero que seja feita a justiça e este ser seja colocado fora da vida publica para todo o sempre.
GRANDE abraço Beth,

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar