Menu Principal

A gramática é política

5
E as vezes não é possível perceber na primeira leitura...

Passado mais de um ano da falsa polêmica que se estabeleceu nas Redes Sociais, agora é possível compreender que a forma inicial de um jornalista ou meio de comunicação se posicionar perante o governo federal é olhar para o modo como escrevem o título que, em nosso regime presidencialista, cabe à mulher que ora ocupa a posição de maior destaque na cena política nacional: presidente Dilma ou presidenta Dilma.

Sabemos que as duas possibilidades estão corretas do ponto de vista da gramática normativa. A mulher que ocupa a presidência pode ser chamada de "presidente". Mas também sabemos que Dilma prefere "presidenta". Tanto assim é que o programa semanal Café com o Presidente tornou-se Café com a Presidenta, e no site oficial do Planalto há um serviço intitulado "Fale com a Presidenta".

Quando Carlos José Marques, da revista Isto É, escreve que "o governo da presidenta Dilma começa de fato em 2012" (seu editorial desta semana), expressa discreta simpatia pela sucessora de Lula. Quando J.R. Guzzo da revista Veja (e toda a revista Veja) escreve "a presidente da República" ou "a presidente Dilma", manifesta frieza e mal-estar.

Por outra parte, o tom é respeitoso no Correio da Bahia ("a presidenta Dilma Roussef chegou em Salvador") no Diário do Grande ABC ("A presidenta Dilma Rousseff disse que vai conversar com os governadores") e no Diário de Natal ("Presidenta Dilma Rousseff").

Tanto a torcida da "presidenta" como o time que emprega o "presidente Dilma" estão fazendo, mais do que uma escolha gramatical, uma opção política.

Coerência política
O uso do feminino pode ocorrer também em tom sarcástico, quando Reinaldo Azevedo se refere à "soberana Dilma Primeira". De modo geral, porém, o "presidente" para Dilma é uma forma de marcar (o)posição, e neutralizar o fato inédito e meritório de uma brasileira ocupar o mais alto cargo. Ou é machismo puro e simples, como no caso de Jair Bolsonaro.

Haverá exceções, mas é comum que a expressão "a presidente Dilma" venha acompanhada de discordância: "A presidente Dilma Rousseff deitou e rolou no Congresso Nacional, aprovando tudo o que queria, sem maiores sacrifícios, a não ser atender aos apetites dos aliados" (Balaio do Kotscho, 26/12/2011).

Fernando Henrique Cardoso, mesmo nos textos mais críticos, utiliza "presidenta", retribuindo a gentileza com que Dilma o tem tratado. José Serra escreve em seus artigos "a presidente Dilma". Gilberto Kassab, no entanto, opta pelo "presidenta"... por uma questão de coerência partidária, obviamente.

Gabriel Perissé

5 comentários:

Atualizando meu último comentário sobre a atual ocupante da presidência: ainda não me decepcionou.
Continuamos na expectativa. rsrs
Você virá para o Forum Social?
Ah, venha sim para nos conhecermos.
beijos

Beth,

Cada dia que entro no diHITT para mim é uma surpresa, fazer novos amigos, trocar experiências, é muito gostoso. E aí eu percebo o quão pequena eu sou, e que tenho tanto a aprender com vocês.A gente começa a navegar em blogs deste porte e quando percebe já nem quer mais sair.
Aqui em sua página encontrei uma casal de namorados : Sra. Beleza e Dr. Conteúdo.

Parabéns querida,
Espero que possamos ir e vir sempre, porque compartilhar é preciso!

Muito sucesso, U
Um Grande beijooooooo!
Da sua mais nova fã!

Querida Atena,
Infelizmente não poderei ir ao Fórum.
Não tenho mais idade para ficar em acampamento, e nem dinheiro para pagar hotel. Sou assalariada. Rsrsrs
Mas, podemos marcar um encontro para o próximo. Também desejo te conhecer, o que no momento só é possível por foto.
Quanto à Dilma, a mim também não.
Se a burguesia midiática deixar que governe, realmente nas próximas décadas teremos um país bem melhor, para todos.
Beijo Mestra

Oi Andréa,
Nossa!
Que belo par você formou! Sra. Beleza e doutor Conteúdo...
Estou feliz tal qual Pinto no Lixo. Rsrsrs
Obrigada pelo carinho e palavras tão amáveis.
Sim, vamos trocando figurinhas...
Beijão.

Olá querida Beth!
Sabes que não entendo muito de política, mais quer dizer então que a oposição usa até mesmo diferentes formas gramaticais para detonar seus adversários!
Fazendo a Travessia e aprendendo sempre!
Bom fim de semana!
Beijos

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar