Menu Principal

Sorria! Hoje é o dia da Boa Música

7
A Música Popular Brasileira.

Aquela que é composta por melodia, poesia, harmonia, compasso, letra, tempos,  vários acordes, ritmo e faz muito bem aos nossos tímpanos!

Uma música Atraente...

E que também aquece a alma!

A música popular brasileira (MPB) surgiu no período colonial, quando brancos, índios e negros integraram os ritmos e os sons de suas etnias e os disseminaram em todas as classes sociais. 

Francisca Edwiges Gonzaga, mais conhecida por Chiquinha Gonzaga, compositora e pianista brasileira, foi uma das pioneiras divulgadoras da MPB, contagiando o publico, sobretudo com a música carnavalesca "Abre alas", em 1899. 
Em 1917, foi gravado o primeiro samba: "Pelo telefone", de Ernesto dos Santos, o Donga, e João Mauro de Almeida. 

Há nomes que merecem destaque na MPB: Pixinguinha, que fez muito sucesso com as músicas "Carinhoso"e "Rosa", conhecidas até hoje, "Ai, eu queria", "Mentirosa"; Noel Rosa ("Com que roupa?", "Feitio de oração", "Feitiço da Vila"); Cartola ("Divina dama", "As rosas não falam") e Ataulfo Alves ("Ai que saudade da Amélia", "Laranja madura"). Zé Kéti ("Máscara Negra"), Nelson Cavaquinho ("Folhas secas"), Candeia e outros enriqueceram também a MPB e influenciaram os novos compositores. 

A música européia exerceu também muita influência na nossa música carnavalesca, a marchinha; o samba também foi alterado, tornando-se mais lento, o que deu origem ao samba-canção, que depois se tornou "samba de fossa", ou seja, musica cheia de nostalgia, que falava de desencontros e solidão. Lupicínio Rodrigues destacou-se nessa modalidade. 

Na década de 1940, foi criada a expressão "bossa nova", que ressurgiu na década de 1950, sob a influência do jazz. Em 1958, o cantor e compositor João Gilberto gravou a música "Chega de saudade" e se tornou símbolo da bossa nova, ritmo que também consagrou Tom Jobim. 

No final da década de 1960, as músicas "Domingo no parque", de Gilberto Gil, e "Alegria, alegria", de Caetano Veloso, deram início ao movimento musical chamado Tropicalismo, organizado não só por esse dois compositores, como também por Tom Zé, Os Mutantes, e Torquato Neto. 

Francisco Buarque de Holanda, o Chico, é considerado um dos expoentes da música popular brasileira, ao lado de Tom Jobim, Vinícius de Morais, Baden Powell, Paulinho da Viola, Billy Blanco, Martinho da Vila, Francis Hime, Toquinho, entre outros.

Nota: A presidente Dilma Rousseff sancionou lei que cria o Dia Nacional da Música Popular Brasileira.. A data foi escolhida por ser o dia do nascimento da pianista e regente Chiquinha Gonzaga (1847-1935), a primeira compositora popular do Brasil. 



7 comentários:

Oi,
Beth,
Bom gosto, beleza, encanto, e informação é por essas e outras que adoro fazer essa Travessia. Lindo Post amei. Parabéns.

Beth,

Estou sorrindo! Pelo motivo de gostar muito desta importantíssima compositora e pianista, como tambem de lhe rever.

Beijos

Beth querida...
Além de vc ter um jeito todo especial de postar, nos traz informações importantes...
Confesso que não sabia disso e que adorei saber...
Bjsss

Bom dia!
Bom te ver por aqui.
Sissym,
Sei que você gosta da Maestrina, e muito!
Eu também. rsrsrs
Mais uma coisa em comum.
Bom te ver.
Bom domingo e beijão.

Oi Andrea,
Obrigada querida. Fiquei comovida...
Bom, poder repassar informações.
Afinal, não sabemos sobre tudo, não é? Ainda bem... rsrsrs
Bom domingo e tudo de bom.
Beijão.

Grande Josy!
Madrinha do Travessia. rsrsrs
Fico feliz quando você vem.
Beijo e bom domingo.
Obrigada!

Boa postagem relembrando grandes nomes da música brasileira.Muito bom o blog!

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar