Menu Principal

Encontro no Paraíso

3
Foi em 2010.

No ano de 2010, começou outra conferência mundial, a de número mil e um, em defesa do meio ambiente.

Como de costume, os exterminadores da natureza lhe recitaram poemas de amor.

Aconteceu em Cancún.

Melhor lugar, impossível.

À primeira vista, Cancún é um cartão-postal, mas essa aldeia de pescadores se transformou, no último meio século, num modernoso e gigantesco hotel de trinta mil quartos, que no caminho da sua propriedade esmagou dunas, lagos, praias virgens, bosques virgens, manguezais e todos os obstáculos que a natureza colocava diante de seu exitoso desenvolvimento.

Até a areia das praias foi sacrificada.

E agora Cancun compra areia alheia.

(Do livro Os Filhos dos Dias, Eduardo Galeano)

3 comentários:

Talvés nós não estejamos por aqui quando não haverá mais onde comprar nenhum pedacinho da visão in natura do planeta.
Muito bom mesmo.
Valeu.
Abraço

Olá Beth,mas isso é muito mau,não é a primeira vez que publico artigos sobre a matança que estamos fazendo à Nossa Mão Natura.Triste colocar em 1º lugar o económico,depois o bem estar e por aí fora...Mas como disse atrás, o Lu Cidreira,no futuro os Nossos congéneres vão querer e não terão nada de nada.É revoltante.
Obrigada por essa partilha.
bjs

Valeu Lu!
Gosto muito quando faz a travessia.
Um abração.

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar