Menu Principal

A indicação é sua!

0
Ordem do Mérito Cultural 2012.

Pessoas de todo o país já podem enviar ao Ministério da Cultura (MinC) via online e pelos Correios suas propostas de indicação de personalidades à Ordem do Mérito Cultural (OMC) edição 2012.  O prazo para o encaminhamento das propostas vai até 24 de agosto.

A edição deste ano da OMC homenageia o compositor popular brasileiro e instrumentista Luiz Gonzaga (1912-1989), conhecido como o ‘Rei do Baião’.

Todas as indicações serão avaliadas pela Comissão Técnica, composta por gestores das secretarias do MinC e pelos presidentes das entidades vinculadas ao Ministério da Cultura.
A comissão emitirá parecer conclusivo antes de encaminhá-lo à consideração do Conselho da Ordem do Mérito Cultural.

Democracia e Desigualdade: Mulheres e STF.

No final de 2012 a Presidenta Dilma terá a possibilidade de reduzir a desigualdade de gênero no Poder Judiciário, em seu órgão máximo, o STF, o que terá efeito extraordinário para a imagem da mulher na sociedade brasileira e para o reconhecimento de sua capacidade.

Poderá, com a aposentadoria compulsória do Ministro Cezar Peluso, em setembro, e do Ministro Ayres Britto, em novembro, indicar duas mulheres para o STF. Poderá também, se assim o quiser, solicitar a cada Tribunal de Justiça estadual uma lista tríplice de juízas e advogadas, assim como poderá consultar cada seção regional da OAB para que cada uma indique os nomes de três advogadas, com mais de vinte anos de militância jurídica ou de ensino do Direito.

Eu adoraria...

5

Como relâmpago, silêncio 
Passe de milagre você me pintou 
Me toma em teu compasso 
Que só no teu abraço 
Que eu me escondo do mundo 
Pele que é pele não mente 
Não esconde, não dissimularia 
Meu corpo seja palco 
Vertido e tomado em pelo à tua poesia

Assim como a compra de votos, é no segredo que a corrupção prospera

1
O que você deve saber sobre o acesso à informação pública.

Com quase dois meses de vigência da Lei de Acesso à Informação Pública o Sistema Eletrônico do Serviço de Informações ao Cidadão (e-SIC), desenvolvido pela Controladoria-Geral da União (CGU) para acompanhar os pedidos de forma centralizada, registrou mais de 10,4 mil solicitações.

Desse total, 7.362 pedidos já foram respondidos, o que representa 70,6%. Os demais estão sendo devidamente analisados. Dos respondidos, 82,3% das respostas atenderam aos pedidos, enquanto 740 (cerca de 10%) foram negados. Os restantes 566 (7%) não puderam ser atendidos por não tratarem de matéria da competência legal do órgão demandado ou pelo fato de a informação não existir.

É um Direito Constitucional
Em 1988 o Brasil comemorava a promulgação de sua nova Constituição, uma conquista importante para o processo de redemocratização do País. Já em seu texto original, a Constituição Fedreal em seu Artigo 5º garante a todos o direito ao acesso à informação.

A Informação pública pertence à sociedade
O Estado atua em nome da sociedade, portanto, ele não é o proprietário, mas apenas o guardião dos bens públicos. Dessa forma, nada mais coerente do que concluirmos que as informações produzidas pelo Estado também pertencem à sociedade, já que elas foram geradas para atender a finalidades públicas. E, se a informação é um bem público, ela deve estar acessível à sociedade.

Algo de muito errado está acontecendo com a grande mídia no Brasil

2
Jornalismo investigativo ou cumplicidade?

Enquanto empresários da mídia impressa ou concessionários do serviço público de radiodifusão – e seus porta-vozes – reafirmam, com certa arrogância, seu insubstituível papel de fiscalizadores da coisa (res)pública, o país toma conhecimento, através do trabalho da Polícia Federal, de evidências do envolvimento direto da própria mídia com os crimes que está a divulgar.

E mais: a solidariedade corporativa se manifesta de forma explícita. Por parte de empresas de mídia, quando se recusam a colocar setores de seu negócio entre os suspeitos da prática de crimes, violando assim o direito à informação do cidadão e seu dever (dela, mídia) de informar. Por parte de jornalistas, quando alegam estar sujeitos a eventuais relacionamentos “de boa fé” com “fontes” criminosas no exercício profissional do chamado jornalismo investigativo.

Será que  – na nossa história política recente – o recurso retórico ao papel de fiscalizadora da coisa (res)pública não estaria servindo de blindagem (para usar um termo de agrado da grande mídia) à indisfarçável partidarização da grande mídia e também, mais do que isso, de disfarce para crimes praticados em nome do jornalismo investigativo?

A Sala é o espaço

2
Sala Eleições 2012

No Distrito Federal, incluindo Brasília, não há eleições municipais.
Há quem diga que deveria. 
Não tenho opinião formada sobre o assunto.

Assim, como "animal" político que sou, para compensar a ausência de participação política no processo, fico buscando espaços.

Depois de muito procurar...

Achei!

Alfabetismo Funcional: em qual destas situações alguém que você conhece se encaixa?

3
Vote no Selo ao lado!
A pesquisa produzida pelo Instituto Paulo Montenegro e a ONG Ação Educativa aponta que apenas 35% das pessoas com ensino médio completo podem ser consideradas plenamente alfabetizadas e, 38% dos brasileiros com formação superior têm nível insuficiente em leitura e escrita. Numa visão mais geral, apenas 26% da população podem ser consideradas plenamente alfabetizadas. 

Os dados dizem respeito ao Indicador do Alfabetismo Funcional (INAF) 2011-2012, que avaliou a capacidade de leitura e compreensão de textos e outras tarefas básicas que dependem do domínio da leitura e escrita. Ao final,  e a partir dos resultados, as situações foram divididas em quatro grupos: analfabetos, alfabetizados em nível rudimentar, alfabetizados em nível básico e plenamente alfabetizados.

Na comparação de 2001 com 2011, o percentual da população alfabetizada funcionalmente elevou-se de 61% para 73%. Mas, ainda assim, apenas um em cada 4 brasileiros domina plenamente as habilidades de leitura, escrita e matemática. 

Ninguém chega a se tornar potência olímpica do dia para a noite

4
“Ninguém chega a se tornar potência olímpica do dia para a noite. Nós já alcançamos a excelência em alguns esportes”.
Aldo Rebelo
Daqui a 2 dias, 3 horas e 15 minutos começam as Olimpíadas de Londres

As equipes brasileiras olímpicas e paralímpicas que vão aos jogos de Londres contam com 267 integrantes do programa Bolsa-Atleta, principal ação de patrocínio esportivo do País.

Dos 259 atletas classificados para os Jogos Olímpicos, 111 são contemplados pelo benefício, o que representa 42% dos competidores, em 32 modalidades. Nos jogos Paralímpicos, 156 dos 182 esportistas são beneficiários do programa - 85% de bolsistas. O programa do Ministério do Esporte contempla atualmente 4.243 atletas.

Finalmente liberada...

6
Prezados (as) amigos, leitores e seguidores,

A votação para o prêmio TOPBLOG 2012 começou no dia 14/07, mas por problemas técnicos a votação no Travessia só foi liberada hoje.

Em 2.010 e 2.011 caminhamos juntos e chegamos ao TOP 100, concorrendo com mais de 500 blogues na nossa categoria.

Agora, iniciaremos mais uma travessia.

Espero poder contar com vocês, se assim o desejarem.

Não vou aqui mencionar os números da nossa trajetória, por entender que pessoas são mais importantes que números. Não me agrada inventários.
Prefiro gente.

O período de votação do PRIMEIRO TURNO pelo Júri Popular (Internauta)  se encerra em 30/09/2012, às 14h (horário de Brasília). Nesta fase são selecionados os TOP100 (Cem blogs em cada grupo e categoria que receberem o maior número de votos).

Encerrada a votação do PRIMEIRO TURNO (30/09/2012), conheceremos a lista dos 100 blogs mais votados em cada categoria de cada grupo. Esperamos estar na relação.

Então,
Vote aqui.
Atenção: Você pode votar 1 vez por email, 1 vez por Facebook e 1 vez pelo Twitter
Você também pode votar diretamente no banner, ao lado.

Obrigada.
Um abraço.
Bom final de semana!

O Corrupto: DNA e variações

0
O CORRUPTO

Padre Vieira, em São Luís do Maranhão, no sermão em homenagem à festa de santo Antônio, em 1654, indagava: "O efeito do sal é impedir a corrupção, mas quando a terra se vê tão corrupta como está a nossa, havendo tantos nela que têm ofício de sal, qual será, ou qual pode ser a causa desta corrupção?”.

A seu ver, havia duas causas principais: a contradição de quem deveria salgar e a incredulidade do povo diante de tantos atos que não correspondiam às palavras.

O corrupto caracteriza-se por não se admitir como tal. Esperto, age movido pela ambição de dinheiro. Não é propriamente um ladrão. Antes, trata-se de um requintado chantagista, desses de conversa frouxa, sorriso amável, salamaleques gentis. 

O corrupto não se expõe; extorque. Considera a comissão um direito; a porcentagem, pagamento por seus serviços; o desvio, forma de apropriar-se do que lhe pertence. Bobos são aqueles que fazem tráfico de influência sem tirar proveito.

Os tipos

O seu bem-estar depende do bem-estar social das pessoas

0
Durante décadas ouvi, vi e li discursos de alguns representantes da intelectualidade política brasileira. Ao tempo em que falavam, governavam o país...

Os discursos, para mim soavam como uma coisa distante. E era! Como entender algo que não se via, não se sentia, e que não batia nada com nada!

Só fui entender o conceito muitos anos depois, quando tive a oportunidade de conhecer, por questões políticas, a Dinamarca e Suécia.

A pratica daqueles políticos, confesso, nunca entendi!

Da viagem, voltei animada...

-Porém, percebi então, o paradoxo: os mesmos governantes que defendiam com unhas e dentes o sistema de bem-estar social implantado na Europa e no mundo, governavam o Brasil a partir da política do Estado mínimo, da excessiva concentração de renda, da valorização do capital financeiro e especulativo e, subordinação ao FMI.

Mas, o que é um Estado de bem-estar social?

Mandela: 94 anos, hoje. O mundo agradece!

2
UN Photo/Evan Schneider 
Parabéns!

Símbolo da paz na África e exemplo para os líderes políticos, Nelson Mandela completa hoje (18) 94 anos.
Mandela, ex-presidente da África do Sul (1994-1999) e Prêmio Nobel da Paz em 1993, é chamado também de Pai da Pátria no seu país. Por 28 anos, ele ficou preso devido às suas ações de resistência ao regime de segregação racial no país. Com limitações físicas devido à idade, Mandela tem aparecido pouco em público.

 “Sonho com o dia em que todos levantar-se-ão e compreenderão que foram feitos para viverem como irmãos”, disse Mandela, pedindo o apoio de brancos, negros e mestiços para acabar com a segregação racial na África da Sul.

Nelson Mandela se tornou uma espécie de símbolo internacional em decorrência de sua luta contra o regime segregacionista do apartheid. De 1948 a 1994, a África do Sul viveu sob o regime de segregação racial, com divisões sociais, políticas e econômicas. Os direitos da maioria da população negra foram reduzidos em detrimento dos da minoria branca.

O apartheid gerou violência e um significativo movimento de resistência interna, assim como embargo internacional à África do Sul. Ao longo da história, houve uma série de revoltas e protestos no país, colocando em lados opostos brancos e negros.
Mandela ficou preso de 1962 a 1990. Mesmo na prisão, manteve sua força política interna e externa. Recebeu homenagens em vários países e o título de doutor em direito pela defesa aos direitos humanos. Em 1993, Mandela foi eleito presidente, consolidando um marco histórico na África do Sul e buscando reconciliar oprimidos e opressores.

Ao visitar o Rio de Janeiro, em 1992, logo depois de assumir a Presidência da África do Sul, Mandela foi homenageado e disse ter se sentido em casa.

Porém, na sua vida privada, Mandela viveu momentos de constrangimento como a revelação de infidelidade de sua segundo mulher, Winnie, que também foi denunciada de corrupção. Eles se divorciaram e Mandela casou com Graça Machel, viúva de Samora Machel, ex-presidente de Moçambique.

Renata Giraldi - Agência Brasil 18.07.2012

O que vale mais, o escritor ou o livro?

1
Se você está escrevendo seu primeiro livro, aconselho a gastar menos tempo com o texto e mais com sua autobiografia. Invente algo bem criativo. Diga que tem dois sexos, que é especialista em magia negra, que sua mãe assassinou seu pai e que foi amamentado por lobos. E, se der uma entrevista, não esqueça de uivar no final.
José Roberto Torero

O que é mais importante, o criador ou a criatura?

Eu prefiro a criatura. Não me importa muito se um autor tem 18, 68 ou 118 anos, se é um office-boy, um acadêmico ou uma striper, se nasceu na Mooca, em Londres ou em Pokhara, a cidade-lago do Nepal. 

O que me importa é o livro. Mas muitos preferem o escritor. 

É claro que tem o seu sabor saber quem escreve uma obra. Eu mesmo, quando pego um livro na livraria, dou aquela olhada na orelha para ver a foto do autor e ler sua biografia. Mas isso deve ser apenas a cereja do bolo, não seu recheio; deve ser apenas uma nota de rodapé, não a cabeça da reportagem.

O culto à personalidade tem crescido tanto que em várias resenhas você fica sabendo onde nasceu o escritor, com quem ele é casado e o escândalo que deu em sua adolescência, mas quase nada sobre a obra. 

A orelha está sendo mais valorizada do que as páginas do livro.

O cartunista Laerte, por exemplo, é brilhante desde os tempos da editora Oboré, quando fazia ilustrações para sindicatos, mas nunca ganhou tanto destaque quanto depois de praticar o crossdressing. 

João Ubaldo é provavelmente nosso melhor romancista vivo, mas nos últimos anos lembro mais de reportagens sobre seu problema com álcool do que críticas a seus livros. Uma imensa injustiça.

Dalton Trevisan e Rubem Fonseca são escritores excelentes, dois dos nossos melhores contistas. Mas sempre são lembrados pelo fato de não darem entrevistas, de serem um tanto reclusos. Ou seja, não quererem ser notícia os transforma em notícia. 

Os campeões mundiais do otimismo

4
Web Imagem
Numa pesquisa promovida entre março e abril pelo Pew Research Center, uma instituição de pesquisa com sede em Washington, os brasileiros ficaram com a medalha de ouro em matéria de otimismo: 84% responderam que a economia vai melhorar nos próximos 12 meses.
É, deu Brasil. Ou melhor, os brasileiros.

A medalha de prata ficou com os chineses: 83%. E o bronze foi para a Tunísia: 75%.
Em quarto lugar, distantes, vieram os norte-americanos: 52%. E a lanterna, confirmando a tragédia, ficou com os gregos: 9%, contra 81% que responderam que ela vai piorar, e 10% que responderam que ela não vai mudar – que também é um sinal de pessimismo, já que apenas 2% deles responderam que a situação econômica do país era “boa”.

A Alemanha, para variar, ficou com o fiel da balança: 29% acham que a economia vai melhorar, 27 % que vai piorar e 43 % acham que tudo vai ficar como está. Complementando: 12% dos brasileiros acham que tudo vai ficar igual, e apenas 5% responderam que situação vai piorar.
UNB - Brasília
Os matizes de uma greve sem fim

De um lado o P-SOL - Partido Socialismo e Liberdade, (oriundo do PT), o ANDES - Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior - ANDES-SN – dirigido pelo PSOL e o CONLUTAS - Central Sindical do PSOL.

No meio, alguns estudantes alinhados com PSOL, que ficam permanentemente de prontidão com as suas bandeiras de pano nas mãos, já que desconhecem as bandeiras políticas.

Na outra ponta e sem destino, os demais seguimentos de servidores em greve, que desejam os reajustes concedidos aos docentes.

Dou outro lado o governo, que apresentou na sexta sexta-feira, 13 de julho, uma proposta de reestruturação das carreiras dos professores do Serviço Público Federal, e de cara ouviu de um dirigente do ANDES que a proposta não servia, mesmo antes de analisá-la na íntegra.

A proposta
-Todos os docentes federais de nível superior terão reajustes salariais ao longo dos próximos três anos.
-Os professores terão até 45% de aumento salarial e outras possibilidades de progressão de carreira.
-O salário inicial dos professores com Doutorado e com dedicação exclusiva será de R$ 8,4 mil.
-O salário dos professores já ingressados na universidade, com título de Doutor e dedicação exclusiva passarão de R$ 7,3 mil para R$ 10 mil.
-A remuneração dos professores titulares com dedicação exclusiva passará de R$ 11,8 mil para R$ 17,1 mil.

O Pavão de Ipanema

2
E o Pavãozinho também...

Continuando o meu passeio "turístico" após à Rio+20, resolvi subir o morro. Desta vez de elevador.
Durante décadas a classe média bossa nova de Ipanema conviveu com "os do morro" como se esses fossem invisíveis. Era meio que um acordo tácito, firmado apenas por um lado: vocês fingem que não moram em Ipanema, e nos fingimos que vocês não existem.
Mas dois elevadores mudaram o rumo das coisas.
São panorâmicos e ligam a comunidade do Cantagalo à estação do metrô General Osório, em Ipanema, na Zona Sul do Rio. Estão há um ano (30/6) unindo o morro ao asfalto.
A construção da Secretaria de Transportes marcou o começo de uma nova vida para os moradores do Pavão-Pavãozinho/Cantagalo - depois da inauguração de uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) em dezembro de 2009 - e colocou a comunidade na mais nova lista de atrações turísticas da cidade.

"O elevador é uma das principais ações do governo no que diz respeito à integração social. Antes da construção do equipamento, o local estava em situação de completa degradação, com lixão a céu aberto, e total desordem urbana". Hoje, os moradores da comunidade têm seu direito de ir e vir garantido, com alto padrão de mobilidade. O resultado da operação neste primeiro ano está mais que aprovado, e é neste ritmo que continuaremos trabalhando" - comemorou um integrante do governo do Rio de Janeiro.

Do “Mirante da Paz”, que fica no ponto mais alto do complexo, é possível ver a praia de Ipanema e cartões-postais da cidade, entre eles a Pedra da Gávea, o Cristo Redentor, as Ilhas Cagarras e a Lagoa Rodrigo de Freitas. As torres, revestidas por lâminas metálicas coloridas em dégradé de tons de verde e azul, chamam a atenção de quem passa pela Rua Teixeira de Melo.

Além de ponto turístico, os equipamentos permitem, desde 30 de junho do ano passado, com que os mais de 10 mil moradores das comunidades possam fazer o longo percurso entre suas casas e o asfalto em cerca de cinco minutos. Antes era um “sobe e desce” de pelo menos 700 degraus.
Quando for ao Rio, confira.

Ilhas Cagarras
Bom inicio de semana!


O silêncio de Gabriel García Márquez

4
Gabriel García Márquez sempre foi dono de uma memória sem limites, e, agora, essa memória se desvaneceu. Disse, ao longo da vida, que não há uma só linha, em toda a sua obra, que não tivesse como ponto de partida um dado da realidade. Ou seja: um dado guardado, intacto, em sua memória. Assim ele escreveu tudo que escreveu. 

Bem: essa memória se acabou. E, com ela, se acabou a escrita mais luminosa das últimas muitas décadas da literatura feita na América de todos nós. 

Ninguém combinou nada com ninguém, nada foi pedido a quem quer que fosse, mas existia uma espécie de pacto silencioso: não mencionar, fora de círculos absolutamente restritos e da mais rigorosa confiança, que Gabriel García Márquez perdia, pouco a pouco no princípio, e rapidamente depois, a memória. 

Começou há alguns anos. Mas foi a partir dos últimos quatro que o processo se acelerou. As declarações emocionadas de seu irmão caçula, Jaime, na semana passada, correram mundo e acabaram escancarando o assunto. Ele não foi o primeiro a romper aquele pacto não declarado: um mês antes, o jornalista colombiano Plínio Apuleyo Mendoza mencionou a perda de memória do escritor. 

Qualquer dia é dia, qualquer hora é hora

0
Agora o serviço funciona 24h por dia, todos os dias da semana, inclusive aos domingos e feriados. 

De janeiro a junho de 2012, de acordo com a Secretaria dos Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), o Disque Direitos Humanos - Disque 100, recebeu 122,458 ligações sobre crianças e adolescentes. Das 56.265 chamadas de denúncias, 17.286 se referiam à violência sexual. Em 2011, foram atendidas 82.281 denúncias sobre crianças e adolescentes, sendo 40% delas sobre negligência, e 11,53% sobre violência sexual.

Em qualquer situação, o conhecimento é o melhor caminho para a libertação

0
“Do rio que tudo arrasta, diz-se que é violento, Mas ninguém chama violenta às margens que o comprimem”.
(Brecht)

A Lei de Acesso à Informação está mudando a forma como o brasileiro se relaciona com sua própria história.

Em vigor desde 17/5, a lei já proporcionou o acesso a registros históricos, e apenas no primeiro mês de vigência da lei o governo recebeu 10,4 mil pedidos de informações, de acordo com balanço da Controladoria Geral da União (CGU).

Encontram-se no Arquivo Nacional, à disposição de qualquer interessado os documentos secretos e ultrassecretos do extinto Sistema Nacional de Informações e Contrainformação (SISNI), incluindo os serviços de inteligências da Forças Armadas, da Polícia Federal, de ministérios e outros órgãos do governo, como o Itamaraty.

Por favor: faça um gesto de reverência, bata palmas e cante parabéns para...

9
Atena! 

São 91 anos de vida bem vivida, sabedoria e experiências acumuladas e compartilhadas.

Assim é a Atena: uma jovem senhora, bem humorada, crítica feroz das imbecilidades humanas, caustica e suave - ao mesmo tom e compasso, e que cultiva permanentemente uma criança, rebelde, em seu interior.

Em seu blog o Expansão da Consciência, aquela a quem chamo carinhosamente de Mestra, e que por extensão é também minha amiga (conquistada a partir do Travessia), a Atena fala do alto da sua autoridade, sem meias palavras e objetivamente: “Aqui vou simplesmente compartilhar conhecimentos adquiridos através de estudo, pesquisas, experiências e vivências voltados para o desenvolvimento consciencial do ser humano. Vamos expandir a consciência pessoal, espiritual, social, política, ambiental, etc. Também quero que este blog seja um livre espaço para refletir, indagar, discutir questões sobre o ser humano, suas atitudes, comportamentos, práticas, filosofias, crenças e também que tudo isso seja permeado por bom humor e alegria, pois este não é um espaço para pomposa seriedade do tipo acadêmico”.

Obrigada querida Mestra, por nos ajudar a expandir as nossas consciências, sem imposições, limites, mutilação mental e preconceitos.

Por favor, permaneça em nossas vidas por muitos e muitos anos!
Parabéns pelo dia de hoje, e sempre!
Tudo de Bom!
Grande Beijo.

Estação Baiana
Entendeu?

É coisa de primeiro mundo, bem longe do mar de Copacabana, bom, bonito e barato, mas nem por isto menos importante.

Nenhuma pichação nas paredes, nenhum papel pelo chão, nada de ameaças à integridade física dos moradores e/ou turistas, e zero de atitude de desrespeito por parte dos  funcionários do sistema. Os são banheiros são mais limpos que os de muitas estações do Metrô da Zona Sul.

Durante as subidas esbarrei com turistas da Alemanha, Japão, Estados Unidos, Argentina, São Paulo e Curitiba.

Conversei com os nativos e colhi as suas impressões. Todos felizes e sentindo-se como verdadeiros cidadãos que trabalham, pagam os seus impostos e colhem os frutos do investimento que fizeram durante toda a vida de trabalho, mas que só agora conseguem perceber o retorno. Um deles me falou: “Claro que nem tudo são flores. Mas, na boa... hoje, há mais flores que espinhos”! E depois, a meu pedido, me orientou na localização visual das comunidade.

Seis estações (Bonsucesso, Baiana, Adeus, Alemão, Itararé e Palmeiras) distribuídas ao longo dos 3,5 quilômetros percorridos pelo teleférico do Complexo do Alemão, zona norte do Rio de Janeiro.

A Política de Pacificação

Inauguradas em julho de 2011, completa este mês um ano de feliz convivência com a cidade. As edificações foram projetadas pelo arquiteto Jorge Mario Jáuregui e tiveram como inspiração a iniciativa semelhante à adotada em Medellín, na Colômbia.

Parte integrante da Política de Pacificação das Comunidades, junto com a sua concepção e implantação trouxe no pacote, a iluminação pública, a pavimentação das ruas, a coleta seletiva do lixo, novas escolas, postos de saúde, cinemas, espaços para exposição e espaços coletivos para  a prática de lazer e esportes. 
Onde ontem havia o domínio do tráfico, hoje, do alto, dá para observar crianças brincando pelas ruas e vielas, meninos empinando pipas e a polícia militar executando o seu trabalho. Em cada estação existe ou está sendo implantada uma UPP.

-Como chegar

De qualquer estação do Metrô, siga na direção à da Estação Central do Brasil (Centro). Lá, pegue um trem do ramal da Central (Mangueira, Maracanã, Bonsucesso, Mágno, etc). Desça na Estação Bonsucesso (não Precisa sair da estação) e suba até a parte em que fica o acesso aos teleféricos. 

-Custo

Se for direto sem descer nas estações, o custo total é de R$ 2,00 (ida e volta). Se resolver descer, acrescente R$ 1,00 por cada parada (os moradores cadastrados no sistema pagam um valor diferenciado por conta do bilhete único).

Como gosto de sentir as coisas ao vivo e as cores, depois de participar da Rio+20, fui lá conferir, até para entender melhor o processo de pacificação, e me preparar para fazer a defesa da conquista de várias comunidades, que durante anos a fio, foram estigmatizadas pela mídia conservadora e a classe média carioca,  apenas como marginais faveladas.

Então, gostou da dica?

Quando vier à Cidade Maravilhosa, não deixe de conhecer.


Cheiros e memórias - Meme

18
Circo Chibill - Puerto Rico
Meme Cheiros, foi concebido a partir de uma boa lembrança  quem alguém teve ao sentir um cheiro e a saudade que isso provocou. Esse alguém é a minha querida amiga Josy Nunes, do Blog Banana com Farinha. 

Segundo a Josy - e eu concordo, existem muitos cheiros, milhares deles. "Alguns podem ser inesquecíveis e, cada pessoa tem o seu cheiro predileto. Basta uma mínima lembrança para voltar tudo, a sensação de felicidade, a tristeza, uma música, uma foto, um perfume, tudo nos traz recordações. E sentir um cheiro ou a lembrança dele, nos faz voltar a algum lugar, ou recordar de algo bom ou ruim de uma maneira ou de outra, eles fazem parte da vida de todos". 

Ao me indicar para responder às perguntas da sua criação, ela então, me faz a seguinte: "Quais os cheiros que te trazem lembranças inesquecíveis?”.

Respondo então, pela ordem do meu coração, na sua trajetória da sua vida.

Militar e torturador
50 anos de prisão para Videla

Após quinze meses de debate, o Tribunal Oral Federal 6 da Argentina condenou o ditador Jorge Rafael Videla por “subtração, retenção e ocultamento” em vinte casos de filhas e filhos de desaparecidos durante a última ditadura cívico-militar. Além disso, o tribunal definiu o roubo de crianças como um plano sistemático, produto de uma prática organizada desde a cúpula do poder militar. As Avós da Praça de Maio e as famílias seguem buscando os netos que ainda não recuperaram suas identidades.

Foram 15 meses de debate no Tribunal Oral Federal 6, integrado pelos juízes María del Carmen Roqueta, Julio Luis Penala e Domingo Altieri, condenou os ditadores Jorge Rafael Videla e Reynaldo Benito Bignone por “subtração, retenção e ocultamento” de filhas e filhos de desaparecidos durante a última ditadura cívico-militar, em 20 e 31 casos, respectivamente. O tribunal também condenou a 30 e 40 anos de "prisão e inabilitação absoluta" pelo mesmo prazo da condenação os repressores Antonio Vañek e Jorge "El Tigre" Acosta. Além disso, o tribunal definiu o roubo de crianças como um plano sistemático, produto de uma prática organizada desde a cúpula do poder militar.

O pertencimento dos serviços públicos e o acesso à informação

1
Preparem-se: começou no dia de ontem mais uma greve no serviço público federal.

Da minha janela tenho ouvido atentamente os discursos das lideranças - em defesa dos serviços públicos de boa qualidade, e observado o comportamento das “bases”, que sentados em cadeiras em frente ao Ministério do Planejamento, conversam, ouvem música, lancham e falam mal do Brasil e do mundo. Alguns até bebem cerveja, escondidos em barraquinhas, nas cercanias do ministério.

Reclamam do desemprego (?), da terceirização, do auxílio alimentação, das gratificações, da jornada de trabalho, da incapacidade de pagar a dívida do cheque especial, do plano de saúde e até de Jesus Cristo.

Estão todos tranquilos...

Proclamam aos quatro ventos que há mais de dez anos se encontram sem reajuste salarial.

Não é para menos: fazer greve atualmente significa deixar de trabalhar (menos) com a garantia do ponto assinado e salário no final do mês.

Pois bem: é chegada a hora da população, a mesma que sempre é utilizada como massa de manobra para justificar interesses corporativos que permeiam os serviços públicos em todas esferas de governos, começar a usar os instrumentos garantidos pela Lei de Acesso à Informação, para de fato saber quanto ganha cada servidor público, e qual é o custo total desta conta para a população em geral.

Fui dirigente sindical por muitos anos. Não sou, e jamais fui contra greves. Sempre defendi a greve, “greve”, com o bônus (atendimento das reivindicações salariais e sociais) e o ônus (suspensão da assinatura do ponto, até o término do movimento, como forma de demonstração de autonomia frente à administração).

Sou contra sim à greve chapa branca, negociada em conchavos de bastidores de lideranças, que usam o movimento sindical para fazer política partidária em nome das massas!

O que me causa mais indignação é o fato de que ao término de cada movimento grevista, o discurso de defesa dos serviços públicos e do patrimônio nacional, sempre é enterrado na vala comum da amnésia da conveniência, e a fatura do pagamento da conta enviada para quem de fato paga as contas: os trabalhadores do setor privado.

Não por acaso,  entidade sindical que decretou a greve, é a mesma que entrou na justiça com Pedido de Liminar - conseguindo, para suspender a identificação dos servidores no Portal da Transparência..
Feito o desabafo, deixo aqui uma pergunta: a quem pertence os serviços públicos? Ou, pelo menos, a quem deve pertencer o sentimento de "pertencimento"?!

A Declaração final

2
Marcha - Centro do RJ

Cúpula dos Povos na Rio+20 por Justiça Social e Ambiental

Em defesa dos bens comuns, contra a mercantilização da vida.

Movimentos sociais e populares, sindicatos, povos, organizações da sociedade civil e ambientalistas de todo o mundo presentes na Cúpula dos Povos na Rio+20 por Justiça Social e Ambiental, vivenciaram nos acampamentos, nas mobilizações massivas, nos debates, a construção das convergências e alternativas, conscientes de que somos sujeitos de uma outra relação entre humanos e humanas e entre a humanidade e a natureza, assumindo o desafio urgente de frear a nova fase de recomposição do capitalismo e de construir, através de nossas lutas, novos paradigmas de sociedade.

A Cúpula dos Povos é o momento simbólico de um novo ciclo na trajetória de lutas globais que produz novas convergências entre movimentos de mulheres, indígenas, negros, juventudes, agricultores/as familiares e camponeses, trabalhadore/as, povos e comunidades tradicionais, quilombolas, lutadores pelo direito a cidade, e religiões de todo o mundo. As assembléias, mobilizações e a grande Marcha dos Povos foram os momentos de expressão máxima destas convergências.

Fonte: Página oficial


A volta dos que nunca se foram

0
O PRI

Como as pesquisas anunciaram desde o começo da campanha eleitoral, o PRI ganhou a eleição e volta a presidir o Mexico por seis anos. Pena Nieto saiu vencedor das eleições, derrotando Lopez Obrador, o candidato da esquerda, e Josefina Vazquez, do PAN, governante por 12 anos.

Favorito desde o começo, pela força acumulada pelo PRI nas vitórias para governadores da grande maioria dos estados, além do monopólio das duas maiores cadeias de televisão, cujo apoio ostensivo foi denunciado pelos estudantes, o que levou à perda de uma porção da vantagem de Nieto, insuficiente para derrotá-lo. 

Paralelamente Lopez Obrador conseguiu diminuir boa parte da rejeição que bloqueava seu crescimento no início da campanha, cresceu, assumiu o segundo lugar, mas teve essa ascensão freada na fase final da campanha. Lopez Obrador fez uma bela campanha, defendendo firmemente posições de esquerda.

A campanha se centrou mais em torno do tema da violência do que da economia, o que favoreceu os dois candidatos da direita. O modelo neoliberal, que durante mais de duas décadas aumentou muito a exclusão social, a desigualdade, a miséria no México, não esteve no centro dos debates, poupando de certa forma os dois partidos da direita, responsáveis por essa política.

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar