Menu Principal

O caos na saúde pública no DF é consequência da irresponsabilidade dos governos de Goiás e Minas Gerais

2
Ambos do PSDB.

Em sua grande maioria, a população do Entorno do Distrito Federal (GO/MG) mora no entorno, vota no entorno, vive no entorno e  trabalha nas cidades do DF. Mas é especialmente em Brasília que busca atendimento médico.

E é em Brasília que reclama da falta de energia elétrica, água, saneamento básico e assistência à saúde,  e apóia quando diariamente as prefeituras das cidades do entorno despejam no DF, como quem despeja sacos de batatas, uma “ruma” de doentes nos hospitais públicos de Brasília.

-E a imprensa local gosta... E a nacional também...

-E a população também gosta. Só que do circo que invariavelmente é armado.

-E, a porrada jornalística no governo Agnelo (PT) corre solta...

-E nenhuma linha ou imagem cobrando as responsabilidades do Marconi Pirillo e Antonio Anastasia

A impressão que resta é que o usuário e morador do entorno desconhece a existência dos dois, ou quem sabe, prefira não “comprar” briga com os parceiros e sócios das cachoeiras goianas, especialmente em Águas Lindas de Goiás, cidade dos negócios de Carlinhos Cachoeira.

Agora, o governador Agnelo Queiroz anunciou que neste mês a rede pública de Saúde do Distrito Federal ganhará o reforço de 565 profissionais. Os primeiros 271 tomaram posse nesta segunda (7). 

Foram empossados 63 assistentes sociais, 58 enfermeiros, 10 farmacêuticos, nove médicos psiquiatras, 10 médicos clínicos, três nutricionistas, 59 psicólogos, 15 técnicos administrativos, 15 motoristas e 29 terapeutas ocupacionais, além dos 294 profissionais nomeados em dezembro.

Desde que chegou ao governo, Agnelo já empossou 7.923 servidores concursados, em várias especialidades e áreas.

É muito  mais do que nos oito anos dos governos anteriores.

E o PSDB não continua não aplicando os recursos que recebe do Ministério da Saúde, para o entorno, e prossegue criticando sistematicamente a política pública de saúde - SUS.

É o caos continua...
E as porradas jornalísticas também...

2 comentários:

entorno...

Tem horas que é caco de vidro
Meses que é feito um grito
Tem horas que eu nem duvido
Tem dias que eu acredito.
Paulo Leminski


abç

Oi Margoh,
Tem horas que é fiapo de sonhos...
Amei a relação que fez entre o entorno poético e o geográfico.
Valeu!
Beijão.

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar