Menu Principal

De mão em mão, ela sobreviveu dando ‘um perdido na população’

3
Você já se perguntou qual seria a razão que leva a Rede Globo sempre saber de tudo em “primeira mão?”.

Minha conclusão: Ou a Globo espiona [o que menos provável] , ou ajuda a espionar tudo e todos, no Brasil e no mundo. 

Na Globo é assim: “Tudo em primeira mão”, para não causar suspeição. 

E como não havia mais saída, a emissora mesmo que tardiamente, admite publicamente que a apoiou – mas não que financiou - o Golpe de 1964 que ideologicamente induzia a população a  chamar de revolução.

Em um excelente artigo publicado recentemente, Emir Sader analisa o editorial do Globo e afirma: o Globo começa mentindo: “não foi um ‘apoio editorial’. O jornal, junto com os outros que ele cita – quase toda a mídia da época, que quase toda ainda anda por aí –, participou do bloco golpista que criou o clima favorável ao golpe, promoveu as Marchas da Família, com Deus, pela Liberdade, que funcionavam para tentar passar a ideia de que a população pedia um golpe militar”. A empresa – sim a Globo é uma empresa global - apoiou o golpe militar e a ditadura militar ao longo de toda sua existência. E seguiu justificando-a até agora. Concordo inteiramente com o Emir.

Mas para a Globo apoiar pela metade não bastava. Assim, resolveu apoiar tudo: as mais variadas formas de repressão – prisões arbitrárias, torturas, execuções, condenações sem provas, e a ajudou a cassar a liberdade de expressão da população. Continuou apoiando...

Apoiou inclusive o Ato Institucional nº 5, mais conhecido como AI-5, que terminou por liquidar com os pequenos espaços de oposição ainda existentes. Aplaudiu o golpe, a ditadura, a repressão, a liquidação da democracia, tudo em nome da “sua própria democracia”. Opôs-se ferozmente à democratização do país, às eleições diretas e ao direito de o povo brasileiro escolher seu presidente pelo voto universal.

E aí vem a pergunta que não pode ficar ser resposta: Por que após quase meia década esse arrependimento” repentino?

Não, não foi repentino. Foi conseqüência dos brados das ruas.

Quando as ruas falaram nos protestos iniciado pelo Movimento Passe Livre, também mandaram um recado para a emissora, com tom e som: “O povo não é bobo / Abaixo a Rede Globo”. Então, por estar “cansada” de ser execrada, de não poder evitar manifestações diante das suas sedes, de ter seus jornalistas repudiados e vítimas de chacotas pelas manifestações dos jovens, brotou a semente do arrependimento tardio.

Não é arrependimento. É a mais descarada conveniência midiática por conta da crise econômica que sofre -apesar da sonegação fiscal - que a faz demitir funcionários sem pagar todos os direitos trabalhistas, e com a credibilidade zero. Se assim fosse, a holding da informação mudaria radicalmente sua linha editorial e informativa.

Também não deve ser vergonha do seu passado obscuro. Quem não age baseado em princípios,  desconhecem valores humanos e universais. 

Portanto, queiram ou não, mesmo que não filmem e coloquem no ar, sempre ouvirão o brado das ruas gritando: “O povo não é bobo / Abaixo a Rede Globo”.

Mas o que é então?

-O poder da informação. 

Que, mesmo exercido de forma capenga, será sempre poder. Não importando se a informação foi obtida de forma legal, ou não; se foi manipulada, ou não; se é verídica, ou não.

E em primeira mão, a Dilma não escapou.
Pela segunda vez na história, foi monitorada espionada.



3 comentários:

Quem pode penetrar no seio das panelinhas e descobrir o que tem dentro? Só o tempo. Porque como diz o velho ditado: a verdade tarda , mas não falha.

olá é uma historia muito triste,nos podemos acreditar ou não.mas tudo é descoberto.

Oi Bernar,
Sim, cedo ou tarde, a verdade surge, para o desespero de quem a todo custo tenta escondê-la.
Obrigada pelo comentário.
Aproveito para mandar um abraço para a Maria (acima).
Valeu!

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar