Menu Principal

As origens do cinema nacional

1
O Kinescópio
A primeira exibição.

Na sua fase inicial, de 1896 a 1907, a exibição era prioritariamente ambulante, pois ainda não havia um público formado para o cinema. Porém, em 31 de julho de 1897, foi inaugurado o Salão de Novidades Paris, no Rio de Janeiro, a primeira sala a manter uma programação regular. Os proprietários eram Paschoal Segreto e José Roberto Cunha Sales.

A primeira tecnologia de exibição cinematográfica que aportou no Brasil foi o quinetoscópio de Edison, importado por Frederico Figner, cuja apresentação aconteceu no Rio de Janeiro em dezembro de 1894. No entanto, oficialmente, a primeira exibição cinematográfica no país data de 8 de julho de 1896, poucos meses depois a exibição histórica dos irmãos Lumière. Essa projeção realizou-se na Rua do Ouvidor, 57. 

Naquela noite, numa sala alugada do Jornal do Commercio, foram projetados oito filmes de cerca de um minuto cada, com interrupções entre eles e retratando apenas cenas pitorescas do cotidiano de cidades da Europa. Só a elite carioca participou deste fato histórico, pois os ingressos não eram baratos.

No dia 19 de junho de 1898, Afonso Segreto chegava ao Brasil de barco. Antes de pisar em terra firme, fez imagens da entrada da baía de Guanabara. Trata-se da primeira filmagem em território nacional. Por isso, em 19 de junho é o Dia do Cinema Brasileiro. Apesar de 19 de junho ser reconhecido pelo Ministério da Cultura, algumas pessoas preferem celebrar a data em 5 de novembro, para relembrar o aniversário da primeira exibição pública de cinema. 

O Cinema

O surgimento do cinema se deu a partir da ideia do homem em dar vida às imagens. O belga Plateau criou o Phénakistiscope (1832), em seguida, o inglês Horner criou o Zootrope (1834), aparelhos que davam movimentos aos desenhos. Mas os primeiros desenhos animados surgiram criados pelo francês Èmile Reynaud, através de um aparelho de nome praxinoscópio. Em 1880 tivemos os primeiros aperfeiçoamentos nas películas de celuloide, possibilitando que se chegassem aos filmes. Somente em 1890 que um americano inventou o Kinescópio e o apresentou numa feira internacional em Chicago. 

O aparelho era uma caixa contendo uma lupa, por onde o público via as imagens ampliadas, assim surgiram os primeiros curtas-metragens.

O Kinescópio

Porém, os irmãos Lumière foram os criadores oficiais do cinema, em 1895. Aproveitando aparelhos de outros inventores, fizeram a reprodução através do cinematógrafo, um aparelho de projeção, conseguindo realizar a primeira sessão de cinema em Paris.

No dia 08 de julho de 1896, aconteceu no Rio de Janeiro a primeira projeção pública dos irmãos Lumière, pelo omniógrapho, o sucesso da mesma fez com que o empresário Pascoal Segreto inaugurasse a primeira sala do Brasil. O cinema brasileiro nasceu quando Afonso Segreto chegou à Baía de Guanabara e registrou as imagens do local.

A partir daí os irmãos Segreto registraram os principais acontecimentos cívicos e festivos do país, através de uma câmera Lumière, ficando como os únicos produtores brasileiros até 1903.

Aos poucos as imagens foram sendo feitas em outras regiões do Brasil, como em São Paulo, e o cinema nacional tomando suas primeiras dimensões, e passou a projetar os primeiros documentários. A primeira companhia de cinema brasileira foi fundada somente em 29 de janeiro de 1911, distribuindo salas de cinema por todo o país, além de reproduzir fitas do cinema estrangeiro. 

Com isso, atores brasileiros ficaram desempregados e o cinema nacional perdeu espaço, entrando em decadência. A hegemonia do cinema americano que se destacou como o melhor do mundo. Somente nos anos trinta, época da Primeira Guerra Mundial, Adhemar Gonzaga instalou o primeiro estúdio de cinema no Rio de Janeiro, a Cinédia. 

A partir daí, iniciou-se as produções dos dramas e comédias musicais brasileiras.

*****
Jota A. Botelho/GGN

1 Comentário:

Olá Beth! muito bom conhecer a história do cinema brasileiro. Gosto muito, principalmente daqueles filmes mais antigos que narram e apresentam histórias e costumes de uma época.
Abraços.

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar