Menu Principal

A configuração da renovação

3
Para quem dedicou grande parte do tempo em “debater e lutar”, pela nas redes sociais, pedindo a renovação da política nas eleições proporcionais, e se esqueceu que a política passa necessariamente pelo Congresso Nacional, sinto informar que a renovação se deu em números, não no conteúdo.

Dados preliminares do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar – DIAP, apontam o seguinte RX:

- Ruralistas: a bancada que é a principal rival da bancada ambiental e que não quer a regulamentação da Emenda Constitucional 81/13, que prevê a expropriação das propriedades urbanas ou rurais onde sejam identificados trabalhadores em situações semelhantes à de escravidão, elegeu 139 parlamentares.

- Parentesco: o DIAP identificou o parentesco político dos eleitos e reeleitos no pleito de domingo (5). Foram eleitos 43 (novos) e reeleitos 40, num total de 83. Nas eleições de 2010, foram eleitos 78 parlamentares com vínculos familiares. A eleição ou reeleição de parentes reforça a tese de circulação no poder. Em geral, parentes mais próximos como pais, filhos e cônjuges são herdeiros eleitorais uns dos outros e compartilham o mesmo perfil político e ideológico.

- Empresários: comporão a bancada 190 parlamentares. Destes, 30 novatos, e 160 que renovaram o mandato. Dois objetivos perseguiram a disputa por uma cadeira de deputado federal: a reforma tributária - com propósito de trabalhar pela redução da carga tributária, e maior competitividade da indústria nacional e mudanças, em bases precarizantes, na legislação trabalhista. Ou seja: lucrar mais, precarizar mais e  pagar menos pela mão de obra.

- Mulheres: 50 mulheres que farão parte da próxima legislatura e representam 22 unidades federativas já que os estados do Alagoas, Espírito Santo, Mato Grosso, Paraíba e Sergipe não elegeram deputadas. As novatas são maioria entre as mulheres: 31. As outras 19 deputadas que completam a bancada feminina compõem a atual legislatura e foram reeleitas.

- Evangélicos: com base em diversas listas, checagem de material de divulgação dos candidatos, bases de dados, ouvidos analistas e especialistas, foi possível chegar a uma lista mais próxima do definitivo, com 72 nomes. 
Em comparação com o grupo de 70 eleitos/as na atual legislatura, houve 3% de aumento de deputados identificados como evangélicos. Um número muito abaixo dos 20% ou 30% apregoados, e ainda bem inferior aos 14% celebrados pela FPE. Pode-se concluir então, que a retórica do terror sobre as “ameaças à família” e do “comunismo” não tiveram o efeito numérico almejado.

Assim, ainda de acordo com o DIAP, com resultado das eleições de 2014 para a Câmara dos Deputados, pode-se concluir que:

1) a “renovação” foi de 46,78%, sendo 273 reeleitos e 240 novos;

2) aumentou o número de partidos com representação na casa, passando de 22 para 28;

3) aumentou o número de mulheres na Casa, que passou de 47 para 51;

4) PT, PMDB e PSDB continuam, respectivamente, como a primeira, segunda e terceira bancadas;

5) dos três grandes partidos a partir de 2015, com mais de 50 deputados, apenas o PSDB cresceu;

6) dos sete partidos médios a partir de 2015, com entre 20 e 49 deputados (PSD, PP, PSB, PR, PTB, DEM e PRB), somente o PSB, o PTB, o PRB e o PR cresceram;

7) dos seis pequenos a partir de 2015, com entre 10 e 19 deputados (PDT, SD, Pros, PSC, PCdoB e PPS) apenas o PPS e o PDT;

8) dos três partidos muito pequenos a partir de 2015, com entre 5 e 9 deputados (PV, PSol e PHS) apenas o PV diminuiu;

9) dos nove partidos chamados nanicos a partir de 2015, com entre 1 e 4 deputados (PRP, PTN, PMN, PEN, PSDC, PTC, PRTB, PSL e PTdoB) apenas o PEN, e o PRP cresceram;

10) seis partidos que não tinham representação na Câmara (PHS, PTN, PTC, PSDC, PRTB e PSL) passaram a ter; e

11) deputados que atingiram quociente eleitoral passou de 36, em 2010, para 35, em 2014.  

****

Então, se o eleitor queria renovação, ele teve sua “expectativa” atendida. Afinal, ele é dono e responsável pelo seu (dele) voto.

Agora é só esperar para ver o presente, ou o pacote que ele vai receber da Casa legislativa.

3 comentários:

Matéria muito bem associada e de boas informações para que o os desinformados possam avaliar o real quadro político do Brasil, muitos julgam e condenam os poderes executivo e esquecem de que quem tem as diretrizes nas mãos são os parlamentares. Já que eles que dão as cartas política em nosso país.
Muito bom ler-te.
Abraço

Oi querida,
Obrigada.
Estou nas ruas, fazendo campanha...
Na segunda respondo com a presteza que vc merece, visito o seu blogue e te sigo, se é que já não o faço... rsrs
Valeu! Bom final de semana.
Beijo.

Caraca Beth, muito bom seu post.
Vc explicou bem e uma informação necessária que todo brasileiro deveria ter acesso, e assim quem sabe refletir sobre o porque de estarmos onde estamos.
Parabéns.

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar