Menu Principal

O deus romano do fogo

1

Era o dia do deus romano do fogo,

No ano de 79.

Plínio, o Velho, navegava comandando uma frota romana.

Ao entrar na baía de Nápoles, viu que uma fumaça negra vinha crescendo do vulcão Vesúvio, uma árvore alta que abriu sua ramagem na direção do céu, e de repente caiu a noite em pleno dia. 

O mundo tremeu em violentas sacudidelas e um bombardeio de pedras de fogo sepultou  a festeira cidade de Pompeia.

Pouco antes, o fogo havia arrasado a cidade de Lugdunum, e Sêneca havia escrito:

- Houve apenas uma noite entre a maior cidade e cidade alguma.

Lugdunum ressuscitou, e agora se chama Lyon.

Pompeia não desapareceu: intacta debaixo das cinzas,  foi guardada pelo vulcão que a matou.

*****
Os Filhos dos Dias

1 Comentário:

A força da natureza é algo indescritível, pode destruir uma cidade inteira ou até uma região, como aconteceu com o Tsunami no sudeste asiático, do dia para noite.

Abraços.

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar