Menu Principal

Sobre mentiras e mentirosos

0
Clarice Lispector
Cuide da memória!
Mentiroso não pode errar
Ao recontar a mesma estória

*****
Numa “aula espetáculo” de Ariano Suassuna, a que assisti no Memorial da América Latina, ele fez um discurso a favor da mentira. Não a mentira agressiva, mas aquela que abranda a verdade ou diverte. E disse que ele mesmo mentia: por que falar a uma pessoa uma verdade que a ofende? Melhor mentir e deixá-la feliz.

Confira os que alguns deles e delas disseram:

- Napoleão Bonaparte: “A História é um conjunto de mentiras sobre as quais se chegou a um acordo”.

- Millôr Fernandes: “As pessoas que falam muito, mentem sempre, porque acabam esgotando seu estoque de verdades”.

- Federico Fellini: “Cinema-verdade? Prefiro o cinema-mentira. A mentira é sempre mais interessante do que a verdade”.

- Espínola Veiga: “Mentira, que importa? No amor, a mentira é como o sal: demais, salga; às pitadas, tempera”.

- Mark Twain: “Algumas pessoas nunca dizem uma mentira – se souberem que a verdade pode magoar mais”.

- Adolf Hitler: “As grandes massas cairão mais facilmente numa grande mentira do que numa mentirinha”. Hitler continua atual...

- Lucille Ball: “O segredo para permanecer jovem é viver honestamente, comer devagar e mentir a idade”.

- Florbela Espanca: “Quem disser que pode amar alguém durante a vida inteira é porque mente”.

- Humberto de Campos: “Em literatura, e em moral, repete-se o fenômeno: a verdade, nua, é, pela sua uniformidade, fatigante, enfadonha, fastidiosa”.

- Assis Chateaubriand: “Só o real é contraditório”.

- Aristóteles Onassis: “Não ser descoberto numa mentira é o mesmo que dizer a verdade”.

- Ieda Graci: “A mentira é uma ilusão dos infelizes”.

- Machado de Assis: “A mentira é muita vezes tão involuntária como a respiração”.

- Mário Quintana: “A mentira é uma verdade que se esqueceu de acontecer”.

- Mário Quintana, de novo: “Do bem e do mal / Todos têm seu encanto: os santos e os corruptos. / Não há coisa na vida inteiramente má. / Tu dizes que a verdade produz frutos… / Já viste as flores que a mentira dá?”.

Paula Nei: “A mentira é um passo em falso – desequilibra; escorregando na primeira é depois um trabalho para um homem restabelecer o aprumo”.

- Aristóteles: ”Que vantagem têm os mentirosos? A de não serem acreditados quando dizem a verdade”.

- William Shakeaspeare: “As pequenas mentiras fazem o grande mentiroso”.

- Nietzsche: “O sucesso tem sido sempre um grande mentiroso”.

- Josué de Castro: “Nem todas verdades se podem dizer”.

- Bertolt Brecht: “Quem não conhece a verdade não passa de um tolo; mas quem a conhece e a chama de mentira é um criminoso!”.

- Martinho Lutero: “Todo o pecado é um tipo de mentira”.

- Santo Agostinho: “O dom da fala foi concedido aos homens não para que eles enganassem uns aos outros, mas sim para que expressassem seus pensamentos uns aos outros”.

- Dostoiéviski: “A mentira é o único privilégio do homem sobre todos os outros animais”.

- Ovídio: “A consciência tranquila ri-se das mentiras da fama”.

- Sófocles: “Não é bom dizer mentiras; / mas quando a verdade puder trazer uma terrível ruína, / então dizer o que não é bom também é perdoável”.

- Anatole France: “As mulheres e os médicos sabem bem como a mentira é necessária aos homens”.

- Berilo Neves: “A verdade é uma senhora inconveniente que produz escândalo toda vez que aparece em público”.

- Chico Xavier: “A verdade que fere é pior do que a mentira que consola”.

- Cazuza: “Mentiras sinceras me interessam”.

- Clarice Lispecto: “Minha maior mentira todos os dias: meu sorriso”.

- Denis Diderot: “Engolimos de um sorvo a mentira que nos adula e bebemos gota a gota a verdade que nos amarga”.

- Sócrates: “Quem melhor conhece a verdade é mais capaz de mentir”.

- Umberto Eco: “Nem todas as verdades são para todos os ouvidos. Nem todas as mentiras podem ser suportadas”.

- Charles Bukowski: “Era isso que eles queriam: mentiras. Mentiras maravilhosas. Era disso que precisavam. As pessoas eram idiotas, seria fácil pra mim assim”.

- Adélia Prado: “Preciso mentir um pouco para que o ritmo aconteça e eu própria entenda o discurso”.

- Raul Seixas: “Mamãe, eu não quero ler jornais, mentir sozinho eu sou capaz…”.

- Dr. House: “Há uma razão para a mentira: funciona”.

- Demi Lovato: “O espelho pode mentir, não mostra como você é por dentro”.

- Mahatma Gandhi: “Meu Senhor, ajude-me a dizer a verdade diante dos fortes e não dizer mentiras para ganhar o aplauso dos fracos”.

- Claude Debussy: “A arte é a mais bela das mentiras”.

- Pablo Picasso: “A arte é a mentira que nos permite conhecer a verdade”.

- George Orwell, de novo: “Numa época de mentiras universais, dizer a verdade é um ato revolucionário”.

- Caio Fernando Abreu: “O que você mentir eu acredito”.

- Abraham Lincoln: “Pode-se enganar a todos por algum tempo; pode-se enganar alguns por todo o tempo; mas não se pode enganar a todos todo o tempo”.

- Oscar Wilde: “A finalidade do mentiroso é simplesmente fascinar, deliciar, proporcionar regozijo. Ele é o fundamento da sociedade civilizada”.

*****

Gostou? Clique aqui, para ver o texto completo e todas as outras colunas da série “Cultura inútil”, no Blog da Boitempo!

Mouzar Benedito

Deixe um Comentário

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar