Menu Principal

Salazar, Aécio e a síndrome de Presidente da República

0
Em setembro de 1968 o ditador português Antonio de Oliveira Salazar, de 79 anos, sofreu uma trombose cerebral após um acidente doméstico. 

Sem condições de governar, foi afastado da presidência e substituído por Marcelo Caetano. 

Levaram Salazar para sua cidade natal, Santa Comba d’ão, e lá montaram um falso gabinete para ele. até morrer.

Dois anos depois, Salazar “despachou” como presidente, assinou falsos decretos, nomeou e demitiu ministros abstratos, concedeu audiências. todos os envolvidos sabiam que se tratava de uma encenação. 

Menos o ditador, que morreu no dia 27 de julho de 1970 certo de que era presidente de Portugal.

Essa talvez seja a solução para a síndrome de presidente da república de que padece o senador Aécio Neves desde as eleições do ano passado. 

Levem o rapaz para São João Del Rey, montem para ele um gabinete presidencial com seguranças, secretarias, ministros, introdutores diplomáticos, faixa presidencial e tudo o mais a que tem direito, constitucionalmente, um presidente no exercício do cargo.

Na hora que o surto passar, deem alta para ele.

*****

Fernando Morais, 
Em sua página no Facebook

Deixe um Comentário

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar