Menu Principal

Avós da Praça de Maio encontram 118º neto da ditadura argentina

0
Em entrevista coletiva em Buenos Aires, Estela de Carlotto, presidente da associação, comunicou que foi encontrado o neto de Delia Giovanola, uma das 12 fundadoras do grupo. 

Ele tem 39 anos e é filho de Jorge Ogando, filho de Delia, e Stella Maris Montesano, sua nora, que desapareceram no dia 16 de outubro de 1976. Montesano estava grávida de oito meses.

Delia Giovanola, uma das fundadoras do grupo, diz que cumpriu promessa feita ao filho. Ao ter certeza de ter encontrado neto levado por militares, afirmou: 'Há 39 anos te procuro.'

No dia 30 de março o neto de Delia, que vive no exterior, se apresentou à associação e foi recebido pela equipe de Apresentação Espontânea da instituição. Exames de DNA confirmaram o parentesco. A avó contou que falou com seu neto hoje mesmo para dar-lhe a notícia. “É Divino, meu neto. Estou feliz”, disse Delia. "Ele me perguntou se eu trabalhava com as Avós da Praça de Maio e eu respondi: 'há 39 anos que estou aqui te procurando'. 'É sério?', ele perguntou."

O secretário de Direitos Humanos da Argentina, Martín Fresneda, declarou que receber a notícia foi “emocionante”: “Hoje recuperamos a vida, um neto a mais nos emociona e nos dá muita alegria.”

Organização

As Avós da Praça de Maio buscam os filhos de suas filhas ou noras — presas grávidas e desaparecidas forçadamente pela ditadura militar do país e cujas crianças foram entregues a outras famílias. Por meio de sensibilização, as integrantes da organização pedem que jovens que tenham dúvida sobre sua identidade, façam teste de DNA para verificar a possibilidade de ser um dos netos desaparecidos.

Em 1987, sobre a base de um projeto da organização, foi aprovada uma lei que criou um Banco Nacional de Dados Genéticos. Nele ficou registrado o mapa genético de cada uma das avós de Praça de Maio.

De acordo com estimativas das Avós da Praça de Maio, durante o regime militar, as autoridades se apropriaram de pelo menos 500 bebês, muitos deles nascidos em centros de torturas, hospitais militares e delegacias.

****

Ainda falta encontrar 382 netos.



Deixe um Comentário

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar