Menu Principal

Equede, a Mãe de todos

0
'Equede – a Mãe de todos' conta história de Gersonice Azevedo Brandão, uma das principais sacerdotisas do Ilé Àṣẹ Ìyá Nasò Oká. Evento organizado pelo Grupo Ìkórítá traz apresentação do Afoxé Ilú Egbá

Obra também trata da importância de mães e mulheres negras na formação da cultura e identidade afro-brasileiras.

*****
Na semana em que se comemorou o dia das mães, a Editora Barabô lançou o livro Equede – A Mãe de Todos, na Biblioteca Mário de Andrade, no Centro de São Paulo. A obra é um testemunho de Gersonice Azevedo Brandão, nacionalmente conhecida como Equede Sinha, uma das principais sacerdotisas do Ilé Àṣẹ Ìyá Nasò Oká, "a venerável Casa Branca do Engenho Velho", em Salvador. Fundado em 1830 na capital baiana, o terreiro é a primeira casa de Candomblé oficial no Brasil.

Na religião de origem africana, "equede" é a função de quem concentra os poderes maternais do acolhimento, do zelo e da educação. A palavra com origem no yorubá, "èkejì", representa a função do braço direito da mãe de santo, aquela que zela tanto pelos orixás quanto pelos seus filhos. "Eu sou uma equede. E uma equede é uma mãe. Então, não me vejo em outra função dentro do axé. Porque eu sou mãe. E não sei mais separar a mãe genética da mãe religiosa", afirma Equede Sinha no livro organizado por Alexandre Lyrio e Dadá Jaques.


Em 172 páginas, Equede – A Mãe de Todos traz histórias inéditas e mais de 200 fotos, tanto do acervo pessoal da autora e da Casa Branca, quanto dos fotógrafos Dadá Jaques, Flávio Damm e da Fundação Pierre Verger. Além da história de resistência da própria autora, o relato de Sinha apresenta ao leitor o universo de um dos mais famosos terreiros de candomblé nagô do país e a trajetória de mães e mulheres negras na formação da cultura e identidade afro-brasileiras.

O lançamento do livro contará com a presença da escritora e com apresentação do Afoxé Ilú Egbá. O evento é organizado pelo Grupo Ìkórítá, formado por adeptos do Candomblé que se unem para o enfrentamento e combate à intolerância religiosa contra as religiões afro-brasileiras e de matriz africana.

O lançamento contou com o apoio da Prefeitura Municipal de São Paulo, Deputada Leci Brandão, Biblioteca Mário de Andrade, B.L Produções, Ìwé Ìmọ̀ - Candomblé sem Segredos e Cavalo Marinho Audiovisual.

*****
Fonte: RBA)))

Deixe um Comentário

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar