Menu Principal

Zum-Zum: O homem que diz dou, não da...

0
No mundo da Lua.

Uma das histórias mais reveladoras a respeito de Baden Powell é aquela, famosa, de que, em 1966, ele recebeu no Rio de Janeiro um telegrama convidando-o a tocar na Casa Branca, em Washington, para o presidente americano Lydon Johnson e seus convidados. Era umas daquelas recepções que eles costumavam dar entre uma guerra e outra e para a qual chamam os artistas do momento - uma grande honra.

Mas o convite chegou meio de supetão, e Baden já tinha compromisso para aquele dia. Foi exatamente a resposta que ele mandou pela WESTERN:

- "Não posso. Estreio na quinta-feira no Zum-Zum".

A graça está no detalhe do Zum-Zum: Uma deliciosa e minúscula boate de Copacabana nos anos 60, com capacidade máxima para 100 pessoas, e de propriedade de Paulo Soledade, boêmio e velho amigo de todo mundo. Se Soledade soubesse da proposta, teria adiado a temporada de Baden e o levado até o aeroporto do Galeão, mesmo que ele não quisesse ir, e o posto dentro do avião.




*****
Minha Coleção Folha 50 Anos de Bossa Nova

Deixe um Comentário

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar