Menu Principal

Que vergonha que senti...

3
Ontem, após assistir ao debate entre os candidatos ao governo do Distrito Federal, me bateu um sentimento que eu mim não é muito comum: Vergonha.
Vergonha por ser mulher, cidadã, militante de movimento social, moradora e eleitora de Brasília há muitos anos.
No geral o debate até que foi interessante.
Dois candidatos, Agnelo do PT e Toninho do PSol (que, aliás, é meu amigo), fizeram um debate de alto nível, debatendo apenas as suas ideias e com muito respeito.
O candidato da Marina começou até bem, mas se perdeu no processo. Levou uma solapada do Toninho ao tentar fazer uma acusação infundada e se deu mal. Então, se perdeu completamente.
Mas, a mulher do Roriz...
Que vergonha para os brasilienses de boa índole.
Nem a pasta cheia de papéis, nem o roteiro previamente escrito salvaram a “candidata”.
Ela lia tudo: perguntas, respostas, comentários e tudo o mais que podia ler.
Quando precisava fazer uma pergunta, ela respondia.
Na hora de responder, ela comentava.
E quando era para comentar, ela não sabia o que comentar e fazia pergunta sobre outro tema.
Ao final fiquei me perguntado: o que será que leva uma criatura como esta a desempenhar um papel tão degradante por ordem do marido?
Só encontro uma resposta: o medo de perder as benesses públicas com as quais se acostumou a conviver, nesses mais de cinqüenta anos da vida pública do marido.
É, na política, assim como em outros setores, também existem mulheres cambalacheiras.
É uma pena que em pleno século vinte e um, mulheres se prestem a esse tipo de papel. Infelizmente neste caso não dá para aplicar a Lei Maria da Penha. Mas que merecia, merecia.
Bem, para os brasilienses e eleitores do Distrito Federal ainda resta uma esperança. Que tudo isto seja definitivamente enterrado no próximo dia 03/10.
Só depende deles.
Eu farei a minha parte.

3 comentários:

É minha amiga, a coisa está feia. Você já viu como estão as coisas aqui em São Paulo? Vergonhoso também. Candidatos como Tiririca, Fulano da Farmácia, Ronaldo Ésper, Maguila, ciclana que faz sua propaganda de cinta liga e pede para votar "com prazer" entre outros que nem vale a pena citar. É uma falta de respeito e ética com o eleitor que nunca vi igual, chega a dar vergonha dos políticos do nosso país e dos partidos que permitem esse tipo de candidatura.
Beijos,
Mari

Oi !!!
Vc voltou ???????????
Acho que todos ficamos envorganhado como cidadãos né !
Infelizmente está essa bandalheira!
Li o comentario da Mari e digo que também não entendo como permitem certas pessoas se candidatarem...
não é possível isso !!!
Beijo

Oi Betinha, pois é, apesar do vexame no debate, não é que a tal candidata foi para o segundo turno? Me sinto hoje, como vc se sentiu depois do debate, com vergonha. Primeiro porque a candidatura deveria ter sido impugnada, segundo que vamos combinar.... votar nessa criatura que não sabe nem a que veio. Estou indignada, muito indignada. Mas, com certeza Agnelo acabará com essa graça no segundo turno.
Abraços de uma indignada!

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar