Menu Principal

O Ebola, o New York Times, o governo Obama e os médicos cubanos

0
Enquanto médicos brasileiros denunciam a infiltração comunista no Brasil, perpetrada por cubanos, e organizam páginas no Facebook para sugerir um holocausto no Nordeste, o New York Times resolveu elogiar os profissionais de saúde de Cuba que estão na linha de frente no combate ao surto de ebola.

Cuba tem uma longa tradição de envio de médicos e enfermeiros para áreas de desastre no exterior. Nos dias seguintes ao furacão Katrina, em 2005, o governo cubano criou um corpo médico de reação rápida e se ofereceu para enviar médicos para New Orleans. Os Estados Unidos - sem surpresa, não aceitaram o bom gesto de Havana. No entanto, autoridades em Washington pareciam sensibilizadas ao saberem nas últimas semanas que Cuba havia preparado equipes médicas para missões me Serra Leoa, Libéria e Guiné.

O Times chamou de “impressionante” a atuação do país num editorial publicado no domingo (19). Segundo o jornal, Cuba “desempenha o papel mais robusto entre as nações que buscam conter o vírus”.

“O trabalho desses médicos cubanos pode beneficiar todo o esforço global e deve ser reconhecido”, diz o artigo. Fidel Castro, que pediu no Granma que EUA e a ilha ponham suas diferenças de lado e trabalhem juntos, está “totalmente certo.”

A atuação deles beneficia “todo o esforço global e deve ser reconhecida por isso”. Sobram críticas para o governo Obama, que tem “insensivelmente se recusado a dizer se vai lhes oferecer alguma ajuda”. Com o apoio técnico da OMS, o governo cubano treinou 460 médicos e enfermeiros sobre as precauções rigorosas que devem ser tomadas para tratar pacientes com o vírus altamente contagioso. 

O primeiro grupo de 165 profissionais chegou a Serra Leoa nos últimos dias. José Luis Di Fabio, representante da OMS em Havana, disse que os médicos cubanos já estavam especialmente preparados para a missão, pois muitos tinha trabalhado na África.

Enquanto isso, os coxinhas brasileiros (os de jalecos) só pensam em garantir um cargo público – e salários no final do mês - que lhes dê a necessária estabilidade e o sossego suficiente, para trabalharem livremente nos consultórios e ganhar dinheiro, muito dinheiro.

Porque afinal, na medicina brasileira, o que vale mesmo não é Hipócrates. Mas a hipocrisia dissimulada para a obtenção do lucro fácil..

Leia o texto original do New York Times aqui.

*****
A cura está ligada ao tempo e às vezes também ás circunstâncias.
(Hipócrates)

Sempre desconfiei de amores que precisam ser provados

0
Sobre as provas equivocadas de amor.

Sempre desconfiei de amores que precisam ser provados. Porque os amores verdadeiros que conheço estão subentendidos. Nota-se nos olhos, no modo como se pronuncia o nome um do outro, na importância que se dá aos menores detalhes.

Amores genuínos não precisam ser referendados publicamente, porque até um cego pode vê-lo. Os amores verdadeiros dispensam contratos, alianças e status de relacionamento nas redes sociais. Embora, muitas vezes, nada prove que ele está ali, ninguém se atreve a duvidar.

Tenho visto, entretanto, gente que transforma a relação em um verdadeiro inferno em nome desta certeza incompreensível de que amor que é amor precisa ser provado – pra si mesmo e para o mundo. Principalmente para o mundo. 

Gente viciada em exagero, em protocolos inúteis e em atenção.

O mago inventor

0
No ano de 1912, o mago Houdini estreou, no circo Busch de Berlim, seu novo espetáculo.

- A Cãmera de tortura aquática!

- O invento mais original desta época e de todas as épocas!

Era um tanque cheio de água até a boca, hermeticamente lacrado, onde houdini se submergia, de boca para baixo, com grilhões que atavam as suas mãos e seus tornozelos.

O público podia ver, através de uma parede de vidro, Houdini metido na água sem respirar, até que, no fim de um tempo longo feito séculos, o afogado emergia do tanque.

Houdini não suspeitava que muitos anos depois essa asfixia seria a tortura preferida das ditaduras latino-americanas, e a mais elogiada pelo especialista George W. Bush.

*****

E das ditaduras que ele apoiou e financiou.

*****
As Veias Abertas dos Filhos dos Dias.

"África à vista": O Livro

0
O África à Vista aborda o português escrito por africanos no Brasil.

A formação histórica do português brasileiro ocorreu em complexo contexto de contato entre línguas: Africanos e afrodescendentes, no período que se estende do século 17 ao século 19, correspondem juntos a cerca de 60% da população brasileira. 

Publicado pela EDUFBA e organizado por Tânia lobo e Klebson Oliveira, a obra de 367 páginas está disponível para download. 

No ano de 2000, Oliveira localizou na Sociedade Protetora dos Desvalidos – irmandade negra fundada tardiamente em Salvador no ano de 1832 – um expressivo e raro acervo de documentos escritos por africanos e negros brasileiros forros. Tais documentos são de fundamental importância para a reconstrução da história linguística brasileira por, pelo menos, dois aspectos:

A configuração da renovação

3
Para quem dedicou grande parte do tempo em “debater e lutar”, pela nas redes sociais, pedindo a renovação da política nas eleições proporcionais, e se esqueceu que a política passa necessariamente pelo Congresso Nacional, sinto informar que a renovação se deu em números, não no conteúdo.

Dados preliminares do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar – DIAP, apontam o seguinte RX:

- Ruralistas: a bancada que é a principal rival da bancada ambiental e que não quer a regulamentação da Emenda Constitucional 81/13, que prevê a expropriação das propriedades urbanas ou rurais onde sejam identificados trabalhadores em situações semelhantes à de escravidão, elegeu 139 parlamentares.

- Parentesco: o DIAP identificou o parentesco político dos eleitos e reeleitos no pleito de domingo (5). Foram eleitos 43 (novos) e reeleitos 40, num total de 83. Nas eleições de 2010, foram eleitos 78 parlamentares com vínculos familiares. A eleição ou reeleição de parentes reforça a tese de circulação no poder. Em geral, parentes mais próximos como pais, filhos e cônjuges são herdeiros eleitorais uns dos outros e compartilham o mesmo perfil político e ideológico.

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar