Menu Principal

“Ainda é cedo amor...

6

Mal começastes a conhecer a vida
Já anuncias a hora da partida
Sem saber mesmo o rumo que irás tomar...”.
Pergunta: Cartola, Nelson Rodrigues, Augusto Boal, Gonzaguinha, Pixinguinha, Marlene...O que estes nomes teem em comum além da arte?
Resposta: Mesmo que já não existam mais fisicamente todos podem ser visto e ouvidos por meio do acervo do Centro de Documentação e Informação da Fundação Nacional de Artes - Cedoc/Funarte.
Parte dos itens que compõem o acervo começou a ser divulgados pelo projeto Brasil Memória das Artes, no Centro de Convenções da Universidade Federal de Pernambuco, em Recife/Pe.
O financiamento do projeto permitiu que fotos, filmes, desenhos, publicações, partituras, arquivos sonoros e textos fossem tratados corretamente, com a técnica de higienização, acondicionados, catalogados, digitalizados e, finalmente, serão disponibilizados na web.
Entre as coleções que já foram colocadas ao alcance dos internautas está o acervo do produtor Walter Pinto. Seus espetáculos no gênero Revista, fizeram sucesso entre os anos 1940 e 1960. 
Obra inédito
Grande parte do material ainda é inédita, como por exemplo, os áudios dos shows do Projeto Pixinguinha, gravados na década de 1970 e agora disponibilizados na rede.
Segundo a Funarte, este trabalho só foi possível com a junção do Canal Virtual (internet) e o Brasil Memória das Artes e integrou os conteúdos do Cedoc.
Preservar a arte e cultura de uma nação, é preservar a sua identidade.
Muito bom.
Foto: Funarte - Gonzaguinha e Marlene: parceiros no Projeto Pixinguinha em 1977 e 78

6 comentários:

Belíssima iniciativa do Cedoc-Funarte; obrigada por compartilhar.
Felizmente, o grande artista nunca morre; poderá tomar outros rumos, mas sua obra permanece!
Beijos

Hummm, que dica boa minha amiga, adorei!
Eu admiro muito o trabalho do Instituto Moreira Sales também, aqui em São Paulo, vale a pena conferir.
Beijos,
Mari

Olá minha querida!
Claro que essa "Travessia" só poderia me deixar mais informada e satisfeita... Adoro Pixinguinha!!! Ouvi muito quando pequena.
Grande beijo,
Jackie

Olá Beth querida
Excelente Post.
Graças a estas atitudes conseguimos a preservação e a divulgação de grandes
obras do acervo cultural do nosso rico Brasil.
Grande iniciativa da Cedoc/Funarte.
Parabéns pelo post !
Beijos
Alba
PS: A pauta para a sua entrevista está quase pronta.

Oi,
Beth,
Amei essa informação. Aplausos para a Cedoc/Funarte. E parabéns pra você pela partilha.
Beijão no coração

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar