Menu Principal

Ontem eu me lembrei do Carlitos, revi o irmão do Henfil e vivi um dos mais importantes dias da minha vida.

4
“Caía... a tarde feito um viaduto
E um bêbado trajando luto
Me lembrou Carlitos...”

A atividade mais aguardada do IV Seminário Latino-Americano de Anistia e Direitos Humanos era o julgamento ao vivo de diversos processos de anistia política, promovido pela Comissão da Paz do Ministério da Justiça.
Estavam na pauta de julgamento nove processos, e entre eles, o mais emblemático: o do sociólogo Herbert de Sousa, o Betinho, treze anos após a sua morte.
Após o processo do Betinho, foi julgado o de Maria Nakano, sua fiel companheira de ideais de amor e de vida, que recebeu um pedido formal de desculpas pela perseguição política que ambos sofreram durante o regime militar, a partir de 1964.
Herbert de Souza fundou a organização marxista Ação Popular (AP) e dirigiu grupos contrários ao regime militar. Exilado em 1970, morou no Chile, ocasião em que assessorou o governo socialista de Salvador Allende, assassinado pela ditadura militar daquele país. Temendo pela sua vida, Betinho se refugiou no Panamá, no Canadá e no México.
Voltou ao Brasil em 1979 e dois anos depois, fundou o Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas (Ibase). Em 1993, lançou a Ação da Cidadania contra a Fome, a Miséria e pela Vida. Por ser hemofílico, adquiriu o vírus da aids por causa das transfusões de sangue periódicas que era obrigado a realizar. Morreu em 1997.
O bêbado e a equilibrista
O momento mais emocionante que antecedeu aos julgamentos foi à exibição de um vídeo sobre a época de exceção em que viveu o Brasil, com a voz de Ellis Regina cantando a música símbolo da resistência, cuja inspiração para os compositores João Bosco e Aldir Blanc, foi o irmão do Henfil.
Depois de três dias de Seminário, fique com a sensação de que finalmente o Brasil está se re-encontrando, e o Estado Brasileiro se redimindo das atrocidades que o Regime Militar cometeu.
Confesso que chorei.

4 comentários:

Oi,
Beth,
amiga, fiquei aqui imaginando a emoção que sentiu...no dia 26 de maio senti emoção similar quando Glauber Rocha, 29 anos após sua morte também foi anistiado em uma cerimônia no teatro Vila Velha, no centro da capital baiana. Foi emocionante..Pois é amiga, também sinto que de pouquinho em pouquinho, uma conquista aqui, outra ali, tem umas que é a base do conta gota mesmo! Mas, finalmente a gente tá chegando lá...Parabéns pelo post show de bola! Beijão no seu coração.

Josy querida,
Foi muita emoção mesmo.
Que bom que vivemos esta mesma emoção, em dias e cidades diferentes.
Beijão.

Mara,
Adorei.
Claro, postarei com todo prazer.
Valeu.
Grande beijo.

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar