Menu Principal

De que o Apartheid se destrua...

2
Kizomba, Festa da Raça
Valeu Zumbi
O grito forte dos Palmares
Que correu terras céus e mares 
Influenciando a Abolição
Zumbi valeu
Hoje a Vila é Kizomba 
É batuque, canto e dança 
Jogo e Maracatu
Vem menininha pra dançar o Caxambu
Vem menininha pra dançar o Caxambu
Ô ô nega mina 
Anastácia não se deixou escravizar
Ô ô Clementina 
O pagode é o partido popular
Sarcedote ergue a taça 
Convocando toda a massa
Nesse evento que com graça
Gente de todas as raças 
Numa mesma emoção 
Esta Kizomba é nossa constituição
Esta Kizomba é nossa constituição
Que magia 
Reza ageum e Orixá 
Tem a força da Cultura 
Tem a arte e a bravura 
E um bom jogo de cintura 
Faz valer seus ideais 
E a beleza pura dos seus rituais 
Vem a Lua de Luanda 
Para iluminar a rua 
Nossa sede é nossa sede 
De que o Apartheid se destrua
Vem a Lua de Luanda 
Para iluminar a rua 
Nossa sede é nossa sede 
De que o Apartheid se destrua
Valeu
Valeu Zumbi
Martinho da Vila
Composição: Rodolpho / Jonas / Luís Carlos da Vila

2 comentários:

Lindo, lindo minha querida!

Música poéticamente linda, recheada de mágia!...Eu arriscaria até chamar de "Cult", porque não lembro de ser uma canção popular!

Um excelente fim de semana, tá?

Até...

Oi querido,
Demorei, mas cheguei para agradecer o comentário e te dizer que concordo plenamente com você: Uma verdadeira obra de arte, essa composição.
Um beijo.

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar