Menu Principal

A Lua, o Sol e o Condor

2
A Lua

No dia 24 de junho, desde que amanhece, é celebrada a Festa do Sol, o Inti Raymi, nos cerrados e nas montanhas dos Andes.
No começo dos tempos, a terra e o céu estavam na escuridão. Só havia noite.
Quando a primeira mulher e o primeiro homem emergiram das águas do lago Titicaca, nasceu o Sol.
O Sol foi inventado por Viracocha, o deus dos deuses, para que a mulher e o homem pudessem se ver.

O Sol

O poeta chinês Li Pó morreu afogado na noite de 25 de junho do ano de 762.
Caiu da barca quando resolveu abraçar a Lua, refletida nas águas do rio Yangtzê.
Li Pó já tinha procurado a Lua em outras noites:

Bebo sozinho.
Nenhum amigo está por perto.
Alço a minha taça,
Convido a Lua 
e minha sombra.
Agora somos três.
Mas a Lua não sabe beber
E minha sombra só sabe me imitar.

Do livro os Filhos dos Dias de Eduardo Galeano.



2 comentários:

Oi Beth, estive no Peru no ano passado e fiquei louca de vontade de um dia voltar lá pra participar desta festa!
Lugar mágico, gente valorosa, cultura sem fim...
Que saudade me deu este teu post!
Um abraço,

Bom dia, minha querida amiga Beth!!!
Belas lendas minha amiga ou verdades, quem sabe... adorei conhecer... Tudo maravilhoso, essa música é encantadora, essa flauta fascina, é um grande alimento para a alma, valeu minha querida amiga, adorei esse lindo momento!!!
Tenha um lindo dia e uma semana maravilhosa e feliz!!!
Beijos e muita paz!!!

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar