Menu Principal

Abram Alas: Queremos passar...

4

Em 28 de fevereiro de 1935, se despedia Chiquinha Gonzaga, abrindo alas para música e os direitos da mulher no Brasil.

Fragmentos

Compositora, instrumentista e regente.
(Rio de Janeiro: 17/10/1847 – 28/02/1935. 

Maior personalidade feminina da história da música popular brasileira e uma das expressões maiores da luta pelas liberdades no país, promotora da nacionalização musical, primeira maestrina, autora da primeira canção carnavalesca, primeira pianista de choro, introdutora da música popular nos salões elegantes, fundadora da primeira sociedade protetora dos direitos autorais, Chiquinha Gonzaga nasceu no Rio de Janeiro, filha do militar José Basileu Neves Gonzaga e da mulata Rosa Maria de Lima.

Por desafiar os padrões familiares da época, sofreu fortes preconceitos. Aperfeiçoou-se com o pianista português Artur Napoleão (1843-1925). Sua vontade de musicar para teatro levou-a a escrever partitura para um libreto de Artur Azevedo, Viagem ao Parnaso.

Com o dinheiro arrecadado na venda de suas músicas comprou a alforria de José Flauta, um escravo músico. Chiquinha Gonzaga também participou da campanha republicana e de todas as grandes causas sociais do seu tempo.

Já era uma artista consagrada quando compôs, em 1899, a primeira marcha-rancho, Ó Abre Alas, verdadeiro hino do carnaval brasileiro. Na primeira década deste século esteve algumas vezes na Europa, fixando residência em Lisboa por três anos.

Sua obra reúne dezenas de partituras para peças teatrais e centenas de músicas nos mais variados gêneros: polca, tango brasileiro, valsa, habanera, schottisch, mazurca, modinha etc. Chiquinha Gonzaga faleceu aos 87 anos de idade, no dia 28 de fevereiro de 1935, no Rio de Janeiro.

Frase: "Tenho horror ao luto, e a hipocrisia"
Para Chiquinha: Os nossos mais sinceros agradecimentos.
Às mulheres, nossa homenagem pelos direitos conquistados.
Muitos hão de vir...
Sim, Nós podemos!
Seja nas artes, cultura, família, trabalho, na política e no amor.
Este post é uma homenagem ao dia 08 de março, Dia Internacional da Mulher!
Grande abraço para todas as mulheres e homens, que apostam no futuro com igualdade entre os gêneros.

4 comentários:

Oi,
Beth,
já conhecia a históra de Chiquinha Gonzaga, claro. Mais seu post tem um "q" que me emocionou muito. Belissíma homenagem a nós mulheres. Deixo aqui o meu parabéns a você mulher que tem o dom da palavra, o dom de transformar palavras simples ou simples palavras em prosa, poemas e belos versos, textos maravilhosos característica de pessoas generosas de alma leve e com a sensibilidade a flor da pele. Obrigada por dividir essa Travessia. Beijão no seu coração, fica com Deus.

Beth, minha amiga!
Eu acompanhei recentemente pela TV a reprise da mini série Chiquinha Gonzaga e fiquei encantada com a história de vida dessa grande artista! Para os padrões sociais e morais da época, sem dúvida alguma ela foi um exemplo de coragem, força e luta. Destemida, agia movida pelo seu senso de justiça, não curvando-se aos hipócritas e falsos moralistas!
É muito inspirador ver em mulheres como Chiquinha tal força! Além de tudo uma grande artista que superou os preconceitos da época.
Bela homenagem e lembrança! Que todas mulheres possam ter algo de Chiquinha dentro de si!
Grande beijo!
Jackie

Um grande viva a Chiquinha Gonzaga, personagem fascinante de nossa história, além de ser um dos maiores exemplos de luta pela igualdade e artista sem igual.
E um grande VIVA a todas voces que sempre estarão em nossas vidas como protagonistas, a mãe, a mulher, a filha, as amigas, as amigas coloridas, também muito importantes, rsrsrs, que aprendamos a ama-las e respeita-las como merecem!!!!!

Muito bem lembrado! Chiquinha Gonzaga é uma dessas criaturas que nos faz sentir orgulho de sermos mulheres!
Parabéns pelo post.
BEIJOSSSSSSSS

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar