Menu Principal

Imortais ou Imorais?

3

ABL/RJ

Do ponto de vista literário, a piada do ano.


Luis Nassif escreveu em sua coluna, a respeito dos resultados da eleição à cadeira 31 da Academia Brasileira de Letras (ABL), para substituir o acadêmico Moacyr Scliar.

Entre o escritor Antonio Torres e o jornalista Merval Pereira, nossos imortais optaram pelo segundo – cá para nós, Torres, um autor conhecido pela sua “vasta” obra, reconhecida no Brasil e no mundo...


Nassif nos lembra que, ao preterir Torres em favor Pereira, a ABL revelou a pequenez das elites. “De pouco adiantou o fato de que os livros de Torres ajudaram o Brasil a ser mais conhecido por leitores da Itália, Argentina, México, Estados Unidos, Alemanha, Inglaterra, Portugal, Bélgica, Holanda, Israel, Bulgária. Ou o fato de dois livros seus – Um táxi para Viena D’Áustria e Essa Terra - traduzidos na França, terem levado o governo francês, em 1999, a lhe conferir o título de "Cavaleiro das Artes e das Letras”.

Não resta dúvidas que Merval tem “a visibilidade e o poder proporcionados pela Rede Globo”. E isso lhe conferiu uma moeda de troca ímpar – “o espaço na Globo, podendo abastecer o ego de seus pares e as demandas da ABL”. Ou seja, para Nassif, Merval “poderia até ganhar prêmios jornalísticos, jamais a maior condecoração da literatura brasileira”. Sua produção, afinal, limita-se a dois livros: um, de 1979, feito a quatro mãos; outro mais recente, mera compilação de artigos que escreve para o jornal “O Globo”.

Estranhe não Nassif, a imprensa se fechou em Copas para defender o indicado da Globo. Por isto não se viu, ouviu e se leu nenhuma crítica.

Mas o que se poderia esperar de uma Academia que ainda vive impregnada pelos ares Imperial do Brasil Colônia, e cuja principal atividade diária dos seus membros, é tomar o Chá das Cinco, bem ao estilo inglês?
Até o Zé Bigode Sarney ta lá...
Sem surpresas, infelizmente

3 comentários:

Sempre a Globo! Por isso que eu me recuso a dar um tico de audiência que for pra essa emissora. E a questão é que ela só tem esse poder e influência toda porque o povo permite, alimenta o poder dela, estão acomodados demais pra se permitir a coisas novas.
Falei, falei e fugi totalmente do assunto num foi?! :p

Levi Ventura

Imoral...nojento (me perdoe), mas é o que sinto atualmente por tudo o que estamos vivenciando.
Aquele jornalista não merece nem...ah esquece e desculpe o desabafo.

Bjs querida Evanir e um ótimo fim de semana.

Rosa

Muito bom artigo...
Infelizmente, enquanto nossa Cultura (literatura, música...) for norteada por interesses da vaidade e do caminho do "meu pirão primeiro, inclusive o dinheiro"... Continuaremos assim: perdendo referências, perdendo valores, apagando a própria história...
E a Cultura?
Que Cultura?!

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar