Menu Principal

A incombustível

3
A Signora Girardelli, 

Fazedora de prodígios, deixou o público europeu vesgo, lá pelo ano de 1820.

Ela acariciava seus braços com velas acesas, dançava descalça sobre a fogueira e a revolvia com as mãos, sentava-se sobre ferros que fumegavam em brasa, banhava-se nas chamas, fazia gargarejos de azeite fervente, engolia fogo, mascava brasa e as cuspia transformadas em libras esterlinas...

E após tão ardentes exibições, mostrava seu corpo invicto, sua pele cor de neve, e recebia ovações.

-É tudo truque – diziam os críticos de tudo e de sempre.

Ela não dizia nada.

****
Galeano, Os Filhos dos Dias.

3 comentários:

Olá Beth Muniz, grde abrço!
Signora Girardelli, era a mulher do homem de ferro pagaria para ve-la sobre brasas(brincadeira)mais críticos não mudaram até hoje deveriam chamar DP, vulgo desmancha prazer.

Essa mulher Signora Girardelli literalmente era a mulher FOGO!
Mas, só vendo pra crer?
Abraço

Olá Beth! Acredito que deveria ser um dom! Grande Abraço!

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar