Menu Principal

Ouça um bom conselho, que lhe dou de graça...

1
Inútil dormir, que a dor não passa...

*****
Para que você entenda o contexto:

-Música composta durante a ditadura militar, época em que toda a sociedade brasileira vivia sobre forte vigilância e a liberdade de expressão era proibida, com o apoio da mídia. 
A Globo e o Estadão comandavam o setor.

-Artistas, jornalistas, professores e políticos, principalmente, tinham as suas atividades monitoradas pelos órgãos de segurança do governo militar.

-Chico Buarque foi um dos compositores mais censurados à época e utilizava-se de metáforas para fazer de suas canções meios de protestar contra a política nacional das décadas de 60 e 70. 

-O verso "devagar é que não se vai ao longe" tinha por objetivo motivar um número maior de brasileiros a se unir aos que criticavam o governo ditatorial.

1 Comentário:

Grandes cabeças, grandes verdades linda música! para não se esquecer jamais! E por falar na Globo "Amor à Vida" se desenrola de uma forma que a novela vai pra um lado e o título vai pra outro. Ninguem aguenta mais vê a inteligencia pura comendo. Nem o maior esfomeado come daquela maneira e tetêparachoque que dupla mais sem graça! Que humorzinho mais sem graça! Vira esse negocio aí porque ninguem aguenta! e Chico Buarque de Holanda vai se tornar para sempre inesquecivel. Inteligencia é assim: dura para sempre!

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar