Menu Principal

Morre Nadine Gordimer: A voz feminina e branca, mais importante contra o Apartheide Sul Africano

1
Mandela e Nadine
Prêmio Nobel de Literatura em 1991 e uma das principais vozes contra o apartheide.

Um dos principais nomes do combate ao apartheide no África do Sul, a escritora Nadine Gordimer morreu no último domingo, aos 90 anos. 

Por meio dos seus mais de 30 livros Nadine abordou com densidade a situação social naquele país.

Suas publicações mais conhecidas mundialmente são: “Beethoven era 1/16 Negro”, “De Volta à Vida e a Filha de Bueger”, que a tornou mundialmente conhecida. Seu primeiro romance foi “The Linving Days”, de 1973.

Em 1974 Nadine recebeu o Booker Prize , em 1991 o Nobel de Literatura.

No Brasil,

- A editora Biblioteca Azul lançou os livro “Tempos de Reflexão" – 1954 a 1989, e "Tempos de Reflexão" – 1990 a 2008, que detalham como Nadine se tornou uma das pessoas mais respeitadas no combate à segregação racial.

- A editora Companhia das Letras publicou seis de suas obras, entre elas, “A Arma da Casa” e o “O Engate”.

1 Comentário:

Olá Beth! Vi a noticia! Infelizmente é assim, temos que aceitar o curso da vida: nascer, crescer e morrem. Porem ficam as obras, sejam elas boas ou más. Que se eternizam nos nossos corações. Grande abraço!

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar