Menu Principal

Billie Holiday: 100 anos de ausência

0
Nesta terça-feira (7), o programa Momento Três da Rádio Nacional FM - do Sistema EBC, se une as centenas de atividades, shows e homenagens em todo o mundo para lembrar os 100 anos de nascimento da divina Billie Holiday. A mulher que, sem conhecer uma só nota musical, cantava com a alma.

56 anos após a sua morte, não se passa uma semana sem que se ouça Billie cantar no radio.

A menina Eleonora tinha pais adolescentes, viveu de casa em casa até acabar em um reformatório aos 10 anos. Tudo porque tinha sido violentada por um vizinho. Punida, buscou na prostituição um modo de vida. Aos 15, desesperada, sem ter o que comer, entrou em um bar no Harlen e se ofereceu para dançar. 

O pianista, com pena, sugeriu que ele cantasse. Ali, Eleonora morreu para Billie nascer. 

Rapidamente se tornou uma das interpretes mais disputadas por orquestras como as de Benny Goodman e Duke Ellington. 

A história traumática explica parte da tristeza que Billie trazia na interpretação. 

A depressão a levou as drogas e a uma morte precoce.  

Sua voz única e o jeito emocional de cantar ficaram como marca.








Deixe um Comentário

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar