Menu Principal

A fratura existe e tem remédio

4
Foto: www.educare.org.br
Não há dúvida que a aprovação do Estatuto da Igualdade Racial é uma das conquistas mais relevantes da nação brasileira. Após tramitar por mais de dez - o que demonstra como no Brasil o preconceito e a descriminação são fraturas que existem, mas não são expostas. Após a espera de mais de 122 anos, desde a abolição da escravidão, ganhamos finalmente a batalha.
Depois de 1.888, nenhuma legislação para inclusão dos negros e negras foi produzida. O estatuto vai trabalhar com o processo de mudança de cultura e mudança de valores, para inclusão desse seguimento social.
Novas possibilidades para os negros e negras se apoderarem dos bens e serviços de todo disponíveis a toda sociedade, é o que prevê o estatuto, que tem como objetivo principal garantir à população negra a efetiva igualdade de oportunidade.
O artigo primeiro conceitua o que é discriminação racial ou étnico racial:  “é toda a distinção, exclusão, restrição ou preferência baseada em raça, cor, descendência ou origem nacional ou étnica que tenha por objeto anular ou restringir o reconhecimento, gozo ou exercício em igualdade de condições de direitos humanos e liberdade fundamentais nos campos políticos, econômicos, sociais, culturais ou em qualquer outro campo da vida pública ou privada".
Também define como ações afirmativas “todos os programas e medidas especiais adotados pelo Estado e pela iniciativa privada para correção das desigualdades e para a promoção da igualdade e oportunidade”. No artigo 17, assegura que cabe ao poder público a adoção programas de ação afirmativa”.
Em termos de ascensão social a situação é muito complexa. Na base da pirâmide, está basicamente a população negra. O programa Bolsa Família tem alcançado cerca de 52 milhões de pessoas. Desses 52 milhões de pessoas, 70% são de negros e pardos, ou seja, dentre os mais pobres, os negros são os mais pobres. E não dá para engolir que todas essas pessoas sejam “vagabundas e preguiçosas”, como afirmam os críticos do programa, tentando esconder a fratura social que teimam em não enxergar.

4 comentários:

As pessoas beneficiadas pelo Bolsa Família não são "vagabundas ou preguiçosas", são pessoas enganadas por um programa que dá o básico sem dar perspectiva de futuro.

Um forte abraço!

Olá Sergio,
Vou responder o seu comentário com o depoimento de duas pessoas que deixaram o Bolsa Família: O vendedor da Feira Livre de Marília (SP) Osvaldo Dutra de Oliveira Primo, pai de dois filhos, que precisou do benefício do programa por cerca de três anos. “Foi uma época que estava desempregado, com problema de saúde. Eu praticamente alimentava minha família com esse dinheiro”, lembra. Depois de voltar a trabalhar não sacou mais o auxílio. “Eu usei na extrema necessidade. Assim que tive condições, procurei dar baixa para que outras famílias pudessem ter o benefício”.
As famílias de Sônia e Oswaldo são duas das 2,2 milhões que perderam o benefício do Bolsa-Família porque abriram mão espontaneamente ou tiveram uma elevação de renda. Estas famílias representam mais da metade (54%) das 4 milhões que deixaram de receber o benefício até janeiro deste ano.
Estes dados não foram por mim sacados em site do governo. Pelo contrário, são depoimentos dados a organizações sociais e populares.
Como se vê, essas pessoas não são nem "vagabundas ou preguiçosas", como muitos teimam em tachar, e muito menos enganadas como afirma você.
Mesmo que os críticos teimem em dizer que não há uma Porta de Saída no Bolsa Família, eu afirmo: Há um vão, não apenas uma porta. Fruto é claro da política econômica que está sendo implementada pelo governo Lula.
Um forte abraço.

existe sim o preconceito mas é mascarado e a aprovação do estatuto encontrou criticas na midia dizendo que no brasil não precisa disso, o mesmo que falam que no brasil não precisa militancia gay porque não há homofobia. Daqui a pouco vão dizer que não precisa o ficha limpa porque não há corruptos.

Sempre quando se fala em inclusão social, de uma forma ou de outra procura se achar uma forma de se falar de raça e cor. Eu tenho minhas duvidas se assim é a melhor forma.

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar