Menu Principal

Melhor se prevenir

0
Seja você patrão, seja você empregado.

Tirar as dúvidas é fundamental.

FGTS: Mensalmente, todos os trabalhadores regidos pela Consolidação das Leis de Trabalho (CLT) têm um percentual de 8% do seu salário depositado pelo empregador na conta do FGTS. 

Criado há 47 anos, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é muito mais do que um seguro para o trabalhador demitido sem justa causa ou acometido por doenças graves. 

Além do saque do dinheiro, o trabalhador, ainda empregado, pode utilizar o saldo do Fundo de garantia para a compra da casa própria e até para pagar parte das prestações de financiamento habitacional.

O FGTS é regido pela lei 8.036 de 1990. A Caixa Econômica Federal (CFE) é o agente operador do Fundo, assim todas as contas veiculadas dos trabalhadores estão no banco.

Para esclarecer algumas questões sobre o FGTS, o Portal EBC entrevistou o gerente o Gerente Nacional do FGTS da Caixa Econômica Federal, Henrique José Santana.

Santana elaborou um tira-dúvidas com as principais perguntas e respostas sobre este Fundo, que atualmente, recolhe o depósito dos empregadores de cerca de 38 milhões de trabalhadores. 

Nota: Os servidores públicos não são regidos pela CLT. Portanto, nada de FGTS para eles.

Confira aqui, e evite surpresas desagradáveis para os dois lados.

Deixe um Comentário

WIDGETS QUE ABREM COM A BARRA DO FOOTER

Acompanhe o Feed

Fechar

ou receba as novidades em seu email

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner

BARRA DO FOOTER

Blog desenvolvido por

Site Desenvolvido por Agência Charme
Bookmark and Share

Traduzir este Blog

Visitas

Curtir

Assine o Feed

Minimizar